header top bar

José Antonio

section content

Fundação Francisca Fernandes: um marco na História

26/07/2019 às 08h46

Coluna de José Ronildo

A Funffec – Fundação Francisca Fernandes Claudino, neste mês de julho se torna cinquentenária, uma entidade que nasceu sob os olhares de três homens: João Claudino Fernandes, Padre Osvaldo e Adolfo Paulino. No início uma pequena escola profissionalizante, que ao longo destes cinquenta anos de sua existência cresceu e se agigantou na construção do conhecimento e do saber.

A Funffec é hoje um orgulho para os luisgomenses e uma inequívoca referência na área da educação, da cultura e da cidadania, além de grande excelência na área musical. Sua Orquestra de Cordas tem levado o som da Serra de Luís Gomes, através de seus jovens músicos, além das fronteiras do Brasil, com participações em concertos internacionais no Canadá e mais de uma dezena de convites para apresentações na Europa.

Neste último dia 24, dentro das comemorações dos 50 anos da Fundação, foi lançada na cidade de Luís Gomes, a Sétima Edição da Revista Funffec, com artigos que resgatam personagens que fizeram e fazem parte da História do município, além de artigos com olhares sobre educação e o cotidiano da cidade.

Foi uma noite encantadora, com belos e emocionantes discursos, entremeados com números musicais das orquestras e conjuntos tanto da Funffec quanto da Fundação Lica Claudino da cidade de Uiraúna e o mais importante: o reencontro com velhos e queridos amigos das paragens potiguares e da visita à Matriz de Senhora Santana, padroeira da cidade, para rezar e pedir felicidade, benção, saúde e paz.

Nesta primorosa publicação o luisgomense de destaque foi o empresário João Claudino Fernandes, num trabalho realizado pela editora Suzana Sales, onde traçou a trajetória vitoriosa de Seu João, além de um excelente resgate fotográfico e no texto tem detalhes de sua vida na cidade de Cajazeiras.

Pela primeira vez publico um artigo nesta revista, com o título: “Os degraus do Tempo de Antonio Fernandes Mousinho”, filho da cidade de Luís Gomes, que foi médico e político na cidade de Alexandria, Rio Grande do norte. Em sete páginas da revista fiz um resumo de um trabalho de pesquisa que venho realizando sobre este cidadão, que depois de se formar em medicina em 1944, na cidade do Recife, resolveu atender ao pedido de sua mãe e retornou à região onde nasceu para dar a sua valiosa colaboração. E ao fim da jornada ele escreveu: “Sempre fui e sou um eterno lutador, vencedor com a ajuda de Deus, de todos os desafios”.

E no Epilogo do artigo deixei a seguinte mensagem: Meu caro amigo Mousinho vejo-te ao longo das estradas cheias de sol e de poeira da terra adusta; dos cangaceiros que cortavam de bala a paz; dos rosários pendurados ao pescoço pedindo chuvas; dos choros das crianças anunciando vida; dos candeeiros que tingiam de preto as telhas dos casebres; das longas caminhadas nos confins do mundo em busca de saber; dos palanques que simbolizam o altar da democracia; na fala ao povo, como único dono do poder; da mocidade que escondeu os sonhos e as ilusões; da sementeira que plantou educação, floresceu e deu frutos; das santas mãos que tanto curaram; da genuflexão a Senhora Santana, a excelsa portadora do bálsamo para o espírito e para a alma e que, com inteligência e coragem, soube galgar degrau por degrau e, do alto, sondou os horizontes e contemplou a obra que nem o tempo apaga e cujos frutos ninguém os roubará e os seus feitos que nem a História permitirá ser esquecida. Mousinho faleceu em 10 de dezembro de 2001, em Recife e foi sepultado em Luís Gomes.

Quero externar o meu agradecimento ao Diretor da Funffec, Francisco Rodrigues Santos, pelo convite para participar como articulista da sétima edição da Revista Funffec e pela bela festa que cultural que nos proporcionou na cidade de Luís Gomes.

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado para você pelo google

VIOLÊNCIA SEM PARAR

VÍDEO: Jovem é morto com vários tiros e mulher fica ferida após ser vítima de bala perdida em Cajazeiras

TRAGÉDIA

VÍDEO: Comandante da PM lamenta morte de vereador e diz que assassinos são conhecidos no crime

VÍDEO

Padre convoca população para manifesto pelo Parque de Exposições na visita do governador a Cajazeiras

VÍDEO

Jornalista ‘aposta’ em união de João Azevêdo e Cartaxo para derrotar Ricardo Coutinho em JP

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br