header top bar

section content

#Eita: Lei Maria da Penha deve ser usada para defender homem que levou surra da mulher: “diz que sou corno”

O caso será encaminhado para o poder judiciário e o magistrado vai decidir se concede ou não a medida cautelar para garantir a integridade física da vítima

Por

13/09/2015 às 13h40

Lei Maria da Penha, criada para casos de violência doméstica contra mulheres, pode ser aplicada pela Justiça para defender um homem no município de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. José Ferreira da Silva acionou a polícia civil para denunciar que foi espancado pela própria esposa e o afilhado.

Em entrevista à reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, José Ferreira, revelou que sua mulher bebe frequentemente e sem motivo acabou lhe batendo. “Deus é maior, não gostei do que aconteceu e vou acionar a Justiça para resolver esse caso”, afirmou. 

José Ferreira disse ainda que sua esposa lhe chama várias vezes de corno. “Se ela me chama de corno, é porque alguma coisa ela apronta. Esse negócio de gostar e viver humilhado não tem futuro, foi o ponto final, vou procurar meus direitos”, disse.

O caso será encaminhado para Comarca de Cajazeiras e o magistrado vai decidir se concede ou não a medida cautelar para garantir a integridade física que proíbe a agressora de se aproximar e se comunicar com a vítima e seus familiares.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Colunista comenta por que Rodrigo Maia se tornou o ‘queridinho’ de Bolsonaro e de deputados da PB