header top bar

section content

Tá fora: Deputado de Cajazeiras denuncia demissão de professores com mais de 20 anos de serviços no Estado

"O que tinha menor tempo de serviços prestados ultrapassava os 10 anos. Já o com maior tempo, prestava serviços há 22 anos". Denunciou o deputado. Ouça

Por

24/02/2015 às 15h48

Deputado denuncia demissão de servidores

Mais de 30 servidores prestadores de serviço da Secretaria de Educação da Paraíba, entre professores, merendeiras e auxiliares de serviço foram demitidos esta semana pelo governador Ricardo Coutinho (PSB).  

A denúncia foi feita nesta terça-feira (24), pelo deputado estadual José Aldemir (PEN), em entrevista à imprensa na abertura dos trabalhos do legislativo paraibano. Segundo Aldemir, no município de Salgado de São Félix foram demitidos 13 professores. O que tinha menor tempo de serviços prestados ultrapassava os 10 anos, já o com maior tempo, prestava serviços há 22 anos, garantiu o deputado. Em Cachoeira dos Índios, outros 17 servidores foram demitidos entre professores, merendeiras e auxiliares de serviço.

“Lamento profundamente essa atitude do governador, uma atitude que não tem a menor sensibilidade, o menor reconhecimento do trabalho daqueles que foram e serviram o Estado durante tantos anos”, disse José Aldemir. “Essas pessoas foram colocadas no olho da rua numa atitude pequena do governador, numa demonstração de que Ricardo continua com o sentimento de perseguição, exercendo a figura de um verdugo, um carrasco, que não possui a menor solidariedade com as pessoas e o reconhecimento do trabalho de cada um desses professores”, completou o deputado.

Ainda segundo o parlamentar, as demissões dos servidores foram feitas sem o menor critério, apenas com o objetivo de perseguir. “Se ele estivesse demitido esses prestadores para substituir por concursados, não estaríamos aqui lamentando tudo isso”, concluiu.

Ouça áudio do deputado José Aldemir!

Assessoria de Imprensa

Tags:
DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador