header top bar

section content

Cidade do Sertão da PB registra 91,5% dos crimes violentos no ano de 2013; confira dados aqui!

Nos 10 municípios da região Patos foram registrados 83 óbitos violentos , onde 76 deles foram em Patos o que equivale a 91,5% dos óbitos.

Por

11/12/2014 às 17h13

Crimes violentos no Sertão da Paraíba

O IBGE divulgou esta semana que no ano de 2013 foram registrados 2.517 óbitos violentos na Paraíba, sendo 718 entre jovens com 15 a 24 anos de idade. Nos 10 municípios da região Patos foram registrados 83 óbitos violentos , onde 76 deles foram em Patos o que equivale a 91,5% dos óbitos.

Dos 76 óbitos violentos registrados no município de Patos, 43% foram com indivíduos entre 15 aos 24 anos de idade o que em números absolutos chegou a 32 óbitos com jovens nesta faixa etária. Os homens jovens são as principais vítimas de mortes violentas em Patos sendo que 93% dos óbitos violentos foram com homens.

Os percentuais mais elevados de óbitos masculinos nos grupos etários de 15 a 24 anos decorrem, especialmente, da mortalidade por causas violentas ou acidentais, que são o terceiro principal grupo de causa de óbitos na população em geral e a primeira entre os jovens de 15 a 24 anos.

Na pesquisa Estatísticas do Registro Civil 2013, o IBGE não faz o levantamento das causas específicas de cada óbito. Nesse sentido, considera-se como morte violenta todas aquelas ocorridas por causas externas, como acidentes de trânsito, homicídios, afogamentos, suicídios e quedas acidentais, por exemplo.

Veja dados!

?

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

SONHO REALIZADO

VÍDEO/FOTOS: Prefeitura de Cajazeiras realiza sorteio de 300 apartamentos e evento é marcado pela emoção

MUITA ÁGUA!

A MAIOR DA HISTÓRIA: ruas e avenidas em Sousa viram rios após fortes chuvas durante a madrugada. Veja!

SERTÃO EM DESTAQUE

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, Paulo Maia toma posse para comandar OAB Paraíba até 2021

MODELOS DE SUCESSO

VÍDEO: Empresários do Pará interessados em implantar TV A CABO visitam Netline e TV Diário do Sertão