header top bar

section content

Polícia prende ‘falso médico’ que atuava nos Litorais Sul e Norte da Paraíba

Outras denúncias sobre esse tipo de prática podem ser relatadas à Polícia por meio do número 197.

Por

01/09/2014 às 15h53

Polícia prende falso médio na Paraíba

A Polícia Civil, por meio da 7ª Delegacia Seccional, com sede na cidade de Mamanguape, prendeu nesse fim de semana um homem acusado de se passar por médico na região do Vale do Mamanguape. Contra o técnico de enfermagem Valclepson Figueiredo da Silva, 34 anos, foi cumprido mandado de prisão no sábado (30). Segundo as investigações coordenadas pela Polícia Civil, ele atuava nos Litorais Sul e Norte do Estado.

De acordo com o delegado seccional de Mamanguape, Steferson Nogueira, o técnico de enfermagem Valclepson se passava por médico no Hospital e Maternidade Nossa Senhora do Rosário e atendia os pacientes acompanhado de um tablet, usando as informações dadas para buscar o diagnóstico na internet. “A Secretaria de Saúde de Mamanguape começou a desconfiar dos atendimentos e principalmente porque todo caso de pequena, média ou alta complexidade era encaminhado pelo médico para atendimento em hospitais de João Pessoa. A secretaria nos procurou e nós começamos com as investigações. Encontramos fragilidades na documentação e isso foi essencial para desvendar o caso”, informou o delegado.

O acusado estava cadastrado no Conselho Regional de Medicina (CRM) desde junho de 2013. Depois das informações repassadas pelo município e das investigações da Polícia Civil, o CRM foi informado dos procedimentos superficiais realizados pelo ‘falso médico’. “Informamos o Conselho, que a partir de agora vai adotar os procedimentos legais para entender como o Valclepson Figueiredo recebeu a autorização para atender”, disse Steferson Nogueira, acrescentando que o técnico em enfermagem vai responder pelos crimes de estelionato, exercício ilegal da medicina e ainda uso de documento falso. Ele aguardará a decisão da Justiça na Cadeia Pública de Mamanguape.

A Polícia Civil ainda ressalta que qualquer pessoa que foi atendida pelo falso médico e teve algum problema ocasionado pela medicação prescrita por ele, deve procurar a delegacia seccional de Mamanguape, localizada na Rua Escritor Luís Pinto, nº 18 – Bairro do Campo. Outras denúncias sobre esse tipo de prática podem ser relatadas à Polícia por meio do número 197 (Disque-Denúncia) da Secretaria de Segurança e da Defesa Social da Paraíba.

Da Secom

Tags:
DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador