header top bar

section content

Desembargador derruba pedido de suspensão do WhatsApp

Nova decisão diz que aplicativo deve cooperar com a Polícia Civil do PI.

Por

27/02/2015 às 07h34

Jovem no WhatsApp (foto: ilustrativa/internet)

O WhatsApp não será mais suspenso no Brasil, porque o desembargador Raimundo Nonato Alencar, do Tribunal de Justiça do Piauí, derrubou a decisão do juiz Luiz de Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina.

O magistrado queria tirar o WhatsApp do ar para forçar a empresa que comanda o serviço a cooperar com a Justiça brasileira em investigações criminais, mas a justificativa, na visão do desembargador, não é razoável.

"A suspensão de serviços afeta milhões de pessoas em prol de investigação local", explicou Alencar na sentença divulgada pelo UOL. A mesma visão é compartilhada pelas operadoras, alvos da ordem do juiz Correia.

Mas isso não significa que o WhatsApp se livrou completamente, pois a Polícia Civil do Piauí pretende aplicar medidas punitivas contra o serviço até que a empresa se disponha a colaborar com as investigações.

Uol

Tags:

Recomendado para você pelo google

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Após fazerem as ‘pazes’, Jeová e Júnior vão dividir cargos na saúde com Estela, diz comentarista

ECOTROTE

VÍDEO/FOTOS: Trote diferente da Faculdade Santa Maria conscientiza novatos a cuidarem do meio ambiente

QUE VENHA MAIS!

VÍDEO! Sousa registrou maior chuva da Paraíba em 2019 e açude São Gonçalo aumenta 61 centímetros

SONHO REALIZADO

VÍDEO/FOTOS: Prefeitura de Cajazeiras realiza sorteio de 300 apartamentos e evento é marcado pela emoção