header top bar

section content

Projeto de Vital reduz tempo de espera em serviços de urgência e emergência

Realizado o parto, a acomodação de internação para a mãe, e recém-nascido e dos acompanhantes deverá ser disponibilizada em até trinta minutos.

Por

26/11/2014 às 19h36

Ex-senador paraibano, Vital do Rêgo

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) deu entrada em um Projeto de Lei do Senado (PLS ainda sem número) que exige aos serviços de urgência e emergência de hospitais o atendimento em tempo mais adequado aos casos de cada paciente.

A matéria prevê que o tempo de espera por atendimento médico em serviços de saúde de urgências e emergências, públicos ou privados, deverá se adequar à classificação de risco do paciente, de acordo com a gravidade das condições clínicas que apresente, nos termos do regulamento, não podendo ultrapassar cento e vinte minutos, nos casos considerados de menor urgência.

O texto estabelece ainda que as parturientes que procurarem os serviços hospitalares de urgências e emergências deverão ser acolhidas e encaminhadas para a realização do parto em tempo apropriado. Realizado o parto, a acomodação de internação para a mãe, e recém-nascido e dos acompanhantes deverá ser disponibilizada em até trinta minutos.

“A imprensa brasileira tem dado destaque às grandes filas e falta de tratamento digno a que são submetidos os pacientes que precisam de atendimento nos serviços de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde (SUS). Nas grandes capitais brasileiras, os relatos de descaso e longo tempo de espera também se estendem aos serviços de pronto-socorro de hospitais privados que atendem a beneficiários de planos de saúde”, observou Vital do Rêgo.

Na justificativa do projeto, Vital demanda que os pacientes nos serviços de urgência e emergência sejam atendidos em prazo adequado, segundo o preconizado pelo CFM. Para o caso específico das parturientes, defendemos que o parto e sua acomodação após ele sejam feitos de maneira mais célere, em benefício das mães e recém-nascidos.

Vital do Rêgo é graduado em medicina pela Universidade Federal da Paraíba. É autor de diversos projetos que versam na área da saúde, dado seu conhecimento no campo.

Assessoria

Tags:
FASE DE 'ÓCIO'

VÍDEO: Aposentado, jornalista da PB cita ex-colegas da imprensa que ele admira e diz se pretende voltar

GOVERNADOR ELEITO

VÍDEO: Azevêdo diz que apesar de Sousa não eleger nenhum deputado, cidade terá representante no governo

AGRADECIMENTOS

VÍDEO: Em show após morte do pai, cantor cajazeirense emociona ao contar trajetória e apoio da família

SE POSICIONANDO

Líder católico de Cajazeiras grava vídeo fazendo apelo para não votarem em Bolsonaro “pelo amor de Deus”