header top bar

section content

Candidatos de 57 cidades disputarão prefeitura no 2º turno das Eleições 2020, afirma TSE

Votação acontecerá no dia 29 de novembro das 7h às 17h

Por Campelo Sousa

18/11/2020 às 10h11

Eleições 2020

Eleitores de 18 capitais brasileiras vão definir prefeitos e vice-prefeitos apenas no segundo turno das Eleições Municipais 2020, que ocorrerá no dia 29 de novembro. Além dessas capitais, outras 39 cidades levaram a disputa da Prefeitura para o segundo turno, totalizando 57 cidades.

A região Nordeste é que tem a maior quantidade de capitais (sete) que ainda não definiram o chefe do Executivo: Maceió, Fortaleza, São Luís, João Pessoa, Recife, Teresina e Aracaju. Na sequência, vem a Região Norte, com cinco capitais no segundo turno: Rio Branco, Manaus, Belém, Porto Velho e Boa Vista.

VEJA TAMBÉM

Veja quem venceu nas eleições 2020 no resumo completo no programa Olho Vivo na TV Diário do Sertão

Os eleitores de Vitória (ES), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) também terão de comparecer às urnas no próximo dia 29.

Cuiabá (MT) e Goiânia (GO) são as duas únicas capitais no Centro-Oeste brasileiro a disputar o segundo turno das eleições. No Sul, apenas Porto Alegre (RS) terá disputa no último domingo do mês.

Veja quem são os candidatos ao segundo turno das eleições em cada uma das 18 capitais:

Em Vitória (ES), Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT) disputarão 2º turno para a Prefeitura. Pazolini obteve 53.014 votos (30,95% dos votos válidos), contra 37.373 (21,82%) votos recebidos por Coser.

Em Recife (PE), João Campos e Marília Arraes vão 2º turno. Com 100% dos votos totalizados, João Campos obteve 233.028 votos (29,17% dos votos válidos), contra 223.248 (27,95%) votos recebidos por Marília Arraes.

Já em João Pessoa (PB), Cícero Lucena e Nilvan Ferreira disputarão a prefeitura da capital paraibana no dia 29 de novembro. Cícero Lucena recebeu 75.610 votos, o que representa 20,72% dos votos válidos, contra 60.615 votos (16,61%) recebidos por Nilvan Ferreira.

Na capital paraense, Edmilson Rodrigues (PSOL), que obteve 248.751 votos (34,22% dos votos válidos), e Delegado Federal Eguchi (Patriota), que recebeu 167.599 (23,06%), disputarão 2º turno para a Prefeitura.

Em Aracaju (SE), Edvaldo (PDT) e Delegada Danielle (Cidadania) concorrerão ao 2º turno. A apuração dos votos na capital sergipana foi concluída às 22h41. Edvaldo Nogueira teve 119.681 votos válidos (45,57%) contra 55.973 votos (21,31%) recebidos pela candidata Delegada Danielle.

Já em Fortaleza, capital cearense, Sarto (PDT) e Capitão Wagner (Pros) disputarão 2º turno. Sarto obteve 457.622 votos (35,72% dos votos válidos), contra 426.803 votos (33,32%) recebidos por Wagner.

Goiânia, capital de Goiás, terá segundo turno entre Maguito Vilela, do MDB, e Vanderlan Cardoso, do PSD. Com 100% das seções totalizadas, às 22h21, Maguito Vilela havia conseguido 36,02% dos votos válidos, correspondente a 217.194 votos, contra 148.739 votos (24,67%) recebidos por Vanderlan Cardoso.

Em Porto Alegre (RS), Sebastião Melo (MDB) e Manuela D’Ávila (PC do B) vão para o 2º turno. Sebastião Melo obteve 200.280 votos (31,01% dos votos válidos), contra 187.262 (29%) votos recebidos pela candidata Manuela D’Ávila.

Em São Luís (MA), os candidatos Eduardo Braide (Podemos) e Duarte Júnior (Republicanos) vão definir o segundo turno, no próximo dia 29 de novembro. Com 100% dos votos totalizados, Eduardo obteve 193.578 votos (37,81% dos votos válidos), contra 113.430 (22,15%) votos recebidos por Duarte Júnior.

A capital de Roraima, Boa Vista, também terá disputa no último domingo do mês. Arthur Henrique (MDB), que obteve 78.425 votos (49,64% dos votos válidos), e Ottaci (PSB), que recebeu 16.735 (10,59%) dos votos concorrerão à prefeitura.

Em Teresina (PI), Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB) disputarão 2º turno. Com 100% das seções totalizadas, às 22h07 deste domingo (15), Dr. Pessoa obteve 142.769 votos (34,53% dos votos válidos), contra 110.395 votos (26,70%) recebidos por Montezuma.

A prefeitura de Rio Branco, no Acre, terá o novo prefeito conhecido apenas no dia 29 de novembro. Tião Bocalon (PP) e Socorro Neri (PSB) disputarão 2º turno. O candidato do PP foi o mais votado e contabilizou 87.987 votos (49,58% dos votos válidos), contra 40.250 (22,68%) votos recebidos pela segunda colocada, Socorro Neri.

Já em Cuiabá (MT), Abílio (Podemos) e Emanuel Pinheiro (MDB) são os candidatos que foram para o 2º turno. Com 100% dos votos totalizados, Abílio obteve 90.631 votos (33,72% dos votos válidos), contra 82.367 (30,64%) votos recebidos por Emanuel Pinheiro.

Hildon Chaves (PSDB) e Cristiane Lopes (PP) disputarão o 2º turno para a Prefeitura de Porto Velho (RO). O candidato Hildon Chaves (PSDB) recebeu 34,01% dos votos (74.728) contra 14,32% dos votos recebidos pela candidata Cristiane Lopes (PP), com um total de 31.461 votos.

Em Manaus (AM), Amazonino Mendes (Pode) e David Almeida (Avante) também foram para o 2º turno. Mendes obteve 234.088 votos (23,91% dos votos válidos), contra 218.929 (22,36%) votos recebidos por Almeida.

Na capital fluminense, Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Crivella (Republicanos) disputarão 2º turno. Os eleitores da cidade do Rio de Janeiro (RJ) voltarão às urnas no próximo dia 29 de novembro para eleger seu novo prefeito em segundo turno. Paes obteve 974.804 votos (37,01% dos votos válidos), contra 576.825 (21,90%) votos recebidos por Crivella.

Na capital paulista, Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) disputarão 2º turno. Com 99,92% das seções totalizadas, à 0h20 desta segunda (16), Covas havia obtido 1.752.949 votos (32,86% dos votos válidos), contra 1.079.924 (20,24%) votos recebidos por Boulos.

Maceió (AL) terá a disputa para a prefeitura definida no segundo turno entre os candidatos Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB) e JHC (PSB). Gaspar obteve 110.234 votos válidos (28,87%) contra 109.053 (28,56%) do segundo colocado.

PORTAL DIÁRIO

OPINIÃO

VÍDEO: Jornalista fala sobre a vacina do Coronavac e destaca a importância do Instituto Butantan

CUIDADO

VÍDEO: Durante novenário, em Ipaumirim, Padre pede que fiéis fiquem atentos a pandemia do coronavírus

NOVA ONDA

VÍDEO: Senador Ney Suassuna acredita que deve haver lockdown com segunda onda de Covid-19 no Brasil

INADMISSÍVEL

VÍDEO: Nilvan Ferreira diz que foi vítima de racismo e chamado de ‘macaco’ na eleição em João Pessoa

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!