header top bar

section content

Advogado de Sousa fala de relacionamentos amorosos e define a união estável na sociedade atual. Entenda!

Cláudio Diniz elencou que para ser considerada união estável essa tem que ser pública contínua e duradoura. “Muitas vezes no mesmo teto”

Por

21/09/2015 às 16h00

O advogado Cláudio Diniz falou no seu comentário do Direto ao Ponto desta segunda-feira (21), sobre a união estável para o Direto.

De acordo com o advogado, a união estável por muito tempo foi deixada de lado das discussões como ‘expurgo’ da sociedade, mas a Constituição Federal de 88 trouxe regulamentações para esse tipo de relação.

Cláudio Diniz elencou que para ser considerada união estável essa tem que ser pública, contínua e duradoura. “Muitas vezes no mesmo teto”.

Ele lembrou que na união estável as duas partes da relação não têm qualquer impedimento para o casamento, o que é diferente do concubinato. 

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

POSSÍVEL CANDIDATO

VÍDEO: Ex-prefeito de Cachoeira dos Índios revela quais os ‘vices dos sonhos’ para sua chapa em 2020

AVENIDA LOTADA

VÍDEO: Show de comunidade católica famosa em todo o Brasil reúne multidão em São José de Piranhas

PREFEITO DE MONTE HOREBE

VÍDEO: Marcos Eron admite querer a reeleição, nega distanciamento da vice e manda recado para oposição

FENÔMENO

VÍDEO: Menino cajazeirense impressiona com habilidade no teclado e por ter fabricado instrumento