header top bar

section content

Iphaep embarga obras de três prefeituras; MP é acionado para barrar obra em CZ

Prefeito Carlos Rafael foi notificado pelo instituto, mas não compareceu para prestar esclarecimentos a cerca da praça.

Por

13/11/2011 às 22h43

O Diretor Executivo do IPHAEP (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba), Aníbal Victor, disse neste final de semana que as obras de revitalização da Praça da Matriz, na cidade de São João do Rio do Peixe foram iniciadas sem autorização do instituto.

De acordo com o diretor, os serviços foram embargados na cidade e agora aguarda defesa da prefeitura municipal da cidade. Aníbal informou também, que o prefeito Lavoisier Dantas (PP), procurou a entidade para acelerar o processo de liberação da obra na praça central.

Em Cajazeiras
O diretor afirmou que as obras da Praça Coração de Jesus também estão embargadas pelo instituto, por não atender algumas exigências na preservação do patrimônio histórico do local, porém, a prefeitura está continuando os serviços desrespeitando o embargo.

Ele disse que o prefeito da cidade, Carlos Rafael (PTB) foi notificado par apresentar justificativas, mas não compareceu. Aníbal revelou que já acionou o Ministério Público da Comarca de Cajazeiras para conseguir uma ordem de paralisação da obra.

“Tomamos conhecimento que os serviços em Cajazeiras tiveram continuidade e não havendo acordo administrativo procuramos o Ministério Público”. Afirmou Aníbal.

Segundo o diretor, as obras iniciadas pela prefeitura da cidade de Pombal também foram embargada, mas o MP ainda não foi acionado.

Ouça o áudio:

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Secretário de João Azevêdo defende aproximação de Dra Paula e Zé Aldemir ao Governo estadual

BRIGA NO CARNAVAL

VÍDEO: Autoridades policiais revelam que suspeitos do crime na Vila Nova em Cajazeiras alegaram vingança

SAÚDE

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe médico radiologista e tira dúvidas sobre os exames por imagem

CRISE NO PSB

VÍDEO: Nonato Bandeira evita dar resposta a Ricardo por determinação de João Azevêdo: “Estamos focado no trabalho”