header top bar

section content

Música ‘Paraíba, Joia Rara’, de Ton Oliveira, é reconhecida como patrimônio imaterial da PB

De acordo com o projeto, muitos paraibanos consideram a canção um hino da Paraíba por representar o sentimento de ser paraibano.

Por Redação Diário

01/01/2018 às 11h52 • atualizado em 01/01/2018 às 11h56

Quem mora fora do nosso Estado e quer matar a saudade, e quem mora aqui, sempre quando fala em música do nosso “torrão” lembra logo da música: “Eu sou da Paraíba é meu esse lugar”. Essa canção que já virou um hino para nós paraibanos, foi reconhecida como patrimônio imaterial da Paraíba, de acordo com uma lei publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) da última sexta-feira (30/12/2017). O projeto que deu origem a lei é do deputado Frei Anastácio (PT).

VEJA MAIS NOTÍCIAS NO PORTAL DIÁRIO

A música “Paraíba, Joia Rara”, do compositor Ton Oliveira, foi composta em 2011. Segundo Ton, ele estava dirigindo, no final da tarde, a caminho de Solânea para gravar o disco “Só Para Xotear”, quando olhou para a paisagem do Agreste. Ele contou que veio à mente o pensamento: “Como a Paraíba é bela”, e então começou a cantar o refrão da canção, que diz: “Eu sou da Paraíba é meu esse lugar/A cara desse povo tem a minha cara/ Encanto de beleza que me faz sonhar/ Lugar tão lindo assim pra mim é joia rara”.

REVELAÇÃO
No Maior São João do Mundo deste ano, Ton revelou que a música nasceu como qualquer outra. “Só que as pessoas tomaram como hino e isso para mim é motivo de muito orgulho e alegria, porque tocou realmente o coração das pessoas. É diferente de quando alguém encomenda um hino a um compositor e pede para algum maestro fazer, é encomendado. Nesse caso não é um hino, mas as pessoas aceitaram como um. Não foi imposto por ninguém”.

Ton Oliveira diz que tirou inspiração da paisagem do agreste para escrever ‘Paraíba, Joia Rara’ (Foto: Kamylla Tayse/G1)

DEFESA
Em 2014, também no Maior São João do Mundo, o cantador Santanna, que é cearense, disse antes de cantar a música que se sente paraibano quando executa a canção, e defendeu que ela deveria ser hino do estado.

“Eu faço questão de cantar esta canção linda do Ton porque ela fala de coisa boa, de lado positivo do nosso Nordeste. Eu me sinto paraibano ao cantá-la e decantá-la. Os paraibanos deveriam elegê-la o hino oficial do estado”, disse, à época.

O PROJETO DE LEI
De acordo com o projeto, muitos paraibanos consideram a canção um hino da Paraíba por representar o sentimento de ser paraibano. “Trata-se de uma composição que enaltece a cultura regional, além de se constituir como meio de expressão para falar de personagens e dos elementos históricos e turísticos do nosso Estado”, diz o texto.

PORTAL DIÁRIO com G1

LAMENTÁVEL

LAMENTÁVEL: vigilante morre assassinado a tiros ao reagir a assalto em posto de combustíveis em Sousa

ELEIÇÃO DA FEDERAÇÃO

VIXE: Para Aldeone, falta de apoio a Arlan Rodrigues na FPF foi covardia e Cajazeiras está “ensinando a Paraíba a trair”

CRÍTICA E CONSELHO

Jornalista diz que rádio de Cajazeiras está ultrapassado e precisa repensar conteúdo para não ‘morrer’

TOTALMENTE RENOVADO

VÍDEO: Com mais elegância e tecnologia, novo carro da Wolkswagen é lançado com festa em Cajazeiras