header top bar

section content

Moranguinho reata com Naldo após agressão e faz vídeo na casa onde moram

De volta ao lar, Ellen gravou um vídeo com a filha do casal, Maria Vitória, de quase 3 anos, na sala da casa em que mora com Naldo.

Por Extra

24/02/2018 às 08h00 • atualizado em 23/02/2018 às 10h43

Moranguinho faz vídeo com a filha na sala da casa de Naldo Foto: Reprodução/Instagram

Ellen Cardoso voltou a morar na mesma casa que Naldo Benny, em um condomínio em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. A ex-dançarina reatou o casamento com o cantor quase três meses depois de ir à polícia acusá-lo de agressão. Antes de voltar para a casa, a Mulher Moranguinho, como ela é conhecida, foi à delegacia retirar a medida protetiva prevista pela Lei Maria da Penha, que impedia Naldo de se aproximar dela. A informação foi confirmada por uma fonte ao EXTRA nesta quinta-feira.

De volta ao lar, Ellen gravou um vídeo com a filha do casal, Maria Vitória, de quase 3 anos, na sala da casa em que mora com Naldo.

Não vai demorar muito para os dois assumirem publicamente que voltaram às boas. O EXTRA adiantou no início de fevereiro que os dois estavam ensaiando uma reconciliação.

Naldo foi preso em flagrante no dia 6 de dezembro por porte ilegal de arma de fogo após ser denunciado por Moranguinho, que afirma ter apanhado do marido. Segundo ela, durante uma briga, Naldo a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo. A ex-dançarina disse que as agressões do cantor já acontecem há sete anos, desde antes do casamento, e seriam motivadas por ciúmes.

Fonte: Extra - https://extra.globo.com/famosos/moranguinho-reata-com-naldo-apos-agressao-faz-video-na-casa-onde-moram-22422162.html

Recomendado para você pelo google

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Se reforma da Previdência não cortar privilégios, sociedade deve ‘gritar’ contra ela, diz padre

INFRAESTRUTURA

VÍDEO: Chuvas destroem ruas de Cajazeiras que não são pavimentadas e moradores cobram ação da Prefeitura

VETERANO DA MÚSICA

VÍDEO: Em Cajazeiras, cantor de renome nacional critica sertanejo universitário: “Virou uma baderna”

COBRA REAJUSTE DE 2018

VÍDEO: Sindicalista elogia Zé Aldemir por salário de professores, mas diz que felicidade é ‘entre aspas’