header top bar

string(11) "show-diario"

section content

Sabrina Sato está grávida do primeiro filho com Duda Nagle

Apresentadora contou a novidade nas redes sociais: "Sempre sonhei com esse momento, mas agora o sonho passou a ser realidade"

Por R7

01/05/2018 às 08h51 • atualizado em 30/04/2018 às 19h53

Sabrina Sato está grávida do primeiro filho com Duda Nagle (Foto: Reprodução/Instagram)

Sabrina Sato está grávida. A novidade foi anunciada nesta segunda-feira (30) por meio de um post compartilhado nas redes sociais.

— Eu sempre sonhei com esse momento, mas agora o sonho passou a ser realidade…. e que responsabilidade! Daqui a aproximadamente 210 dias a gente vai se ver pela primeira vez, mas até lá, estaremos bem juntinhos nessa jornada, num mix de sentimentos onde o resultado é muito AMOR. Vou ver você crescendo, te proteger e vibrar com seus chutinhos…. Papai e mamãe já te amam mais que tudo.

A apresentadora, de 37 anos, namora há dois anos o ator Duda Nagle, que também será papai pela primeira vez. Ele também se manifestou no Instagram.

— Estamos grávidos, e agora? Nosso sonho já é realidade… quanta coisa passando pela cabeça… quanta emoção! Esperar, torcer, cuidar… estudar, planejar… o tempo agora é medido em semanas e cada etapa é comemorada como se fosse a mais importante… o passado e o futuro da nossa família concentrado num carocinho de feijão na barriga da mulher da minha vida… que sorte! Que conquista! E é só o começo, mas já é vida, já é amor.

Fonte: https://diversao.r7.com/tv-e-entretenimento/sabrina-sato-esta-gravida-do-primeiro-filho-com-duda-nagle-30042018

BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça