header top bar

string(11) "show-diario"

section content

Alicate passa hepatite? Saiba como prevenir doenças no salão de beleza

A infectologista Umbeliana Olveira, consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia, explica quais os riscos de doenças e como evitá-las

Por R7

18/05/2018 às 08h36

O risco da transmissão de Hepatite C é maior do que HIV e sífilis porque o vírus da doença chega a sobreviver fora do organismo por até quatro dias.

Alicate contaminado pode transmitir doenças? Sim. Instrumentos capazes de provocar cortes na pele, como alicates de unha e espátulas de metal, podem transmitir doenças como Hepatite C, HIV e sífilis, caso estejam contaminados com sangue e não forem devidamente esterilizados. O risco da transmissão de Hepatite C é maior do que HIV e sífilis porque o vírus da doença chega a sobreviver fora do organismo por até quatro dias.

Como o alicate deve ser esterilizado? Primeiramente, deve ser escovado e deixado imerso em uma solução com a substância antisséptica clorexidina. Depois de seco com um pano limpo, precisa ser colocado dentro de equipamento, que se parece com um micro-ondas, chamado de autoclave, em temperatura entre 800°C e 1.200°C. Essa média é importante, pois há vírus, como o da Hepatite C, que sobrevive a altas temperaturas.

Lixas de unha carregam micoses? Sim. Como têm contato com as unhas, as lixas carregam fungos que provocam micoses. A lixa pode ser um veículo que leva o fungo da unha doente para a unha saudável. O salão de beleza deve fornecer lixas individuais e descartáveis

E lixas para a sola dos pés? Esse tipo de lixa também carrega fungos, embora em menor quantidade. É recomendado que a lixa do pé seja descartável. Os salões de beleza têm utilizado uma lixa que é um tipo de adesivo sobre uma placa de plástico ou silicone. Após utilizada, é retirada e substituída por uma nova.

É possível pegar HIV por meio de lâmina no barbeiro? As lâminas apresentam o mesmo risco em relação à transmissão da doença que os alicates de unha. As lâminas para fazer a barbar no barbeiro devem ser utilizadas apenas uma vez e descartadas.

Há risco em compartilhar bacias e potes? Bacias e potes são utilizados para amolecer a cutícula e podem ser foco de fungos. O recomendado é que bacias e potes sejam cobertos por plástico e que a água quente seja colocada sobre ele. O plástico e a água devem ser descartados para utilização da bacia ou do pote por nova cliente.

Há risco de pegar piolho no salão de beleza? A pediculose, popularmente conhecida como infestação de piolhos, está associada a más condições de higiene, por exemplo, pessoas que ficam mais de um mês sem lavar a cabeça. Portanto, a chance da transmissão de piolho nesses ambientes é muito difícil.

Fonte: https://noticias.r7.com/saude/fotos/alicate-passa-hepatite-saiba-como-prevenir-doencas-no-salao-de-beleza-17052018#!/foto/7

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade