header top bar

string(11) "show-diario"

section content

Conheça 6 vitaminas e plantas medicinais para fazer remédios que ajudam na controlar a queda de cabelo

Selecionamos alguns nutrientes que devem fazer parte da sua rotina de cuidados com os fios.

Por Cura pela Natureza

25/06/2018 às 07h33

Vitaminas que são boas para queda de cabelos

Quem não quer ter um cabelo bonito e saudável?

O problema é que muita gente sofre com ressecamento e queda dos fios. Geralmente isso acontece por falta de nutrientes. Mas é bom que saiba: se quer ter cabelos bonitos e saudáveis, dieta balanceada é fundamental.

Selecionamos alguns nutrientes que devem fazer parte da sua rotina de cuidados com os fios. Lembre-se de que cada cabelo responde num tempo diferente porque é influenciado pela genética, pelos hormônios e até pelo ambiente.

Portanto, invista em:

1. Óleo de peixe

As gorduras ômega 3 nutrem e reduzem inflamações que podem levar a queda dos fios.

Não é a toa que o óleo de peixe é uma das recomendações.

Sendo assim, pode consumir peixes como cavala e sardinha, riquíssimos em ômega 3.

Se você não consegue ingerir ômega 3 suficiente por meio de alimentos, tome de uma a duas cápsulas de suplemento de óleo de peixe.

Mas atenção: caso tome medicamentos para “afinar” o sangue, incluindo a aspirina, fale com seu médico antes de iniciar esta suplementação.

2. Zinco

Os compostos orais de zinco têm sido usados há décadas no tratamento de distúrbios de perda de cabelo.

Isso porque o zinco beneficia a saúde do folículo piloso.

O zinco é um cofator essencial para múltiplas enzimas e está envolvido em atividades funcionais importantes no folículo piloso.

Estudos sugerem que alguns pacientes com doenças que causam quedas de cabelo têm deficiência de zinco, e a terapia oral com zinco é um tratamento eficaz.

3. Biotina e vitamina B5

Biotina e ácido pantotênico (vitamina B5) têm sido utilizados como tratamentos alternativos para queda de cabelo.

A biotina reconstrói as partes danificadas pelo excesso de lavagem, exposição ao sol, secagem e chapinha.

A vitamina B5 nutre as glândulas suprarrenais, o que ajuda a estimular o crescimento dos fios.

Para reverter a perda de cabelo, e aumentar a força dele, tome, diariamente, um comprimido de vitamina do complexo B ou consuma biotina e vitamina B5 separadamente.

Comer alimentos ricos em biotina e vitamina B5 , como ovos, carne, frango, abacate, legumes, nozes e batatas, também ajuda bastante.

4. Vitamina C

Estudos sugerem que o estresse oxidativo intensifica o processo de envelhecimento.

Com o passar da idade, a produção de radicais livres aumenta e a quantidade de enzimas antioxidantes que defendem o corpo diminui, levando ao dano das estruturas celulares e ao envelhecimento dos cabelos.

Trabalhando como um antioxidante, a vitamina C combate o estresse oxidativo, que contribui para o envelhecimento e a queda de cabelos.

Para combater os danos dos radicais livres e proteger o cabelo do envelhecimento, consuma alimentos ricos em vitamina C, como acerola, laranja, limão, pimentão, couve, brócolis, morango e kiwi.

Se você precisar de suplementação, tome de 500 a 1.000 miligramas de vitamina C, duas vezes ao dia como antioxidante.

5. Ferro

Vários estudos examinaram a relação entre deficiência de ferro e perda de cabelo.

E sabe qual foi o resultado?

A deficiência de ferro pode estar relacionada à alopecia areata, alopecia androgenética, eflúvio telógeno e perda capilar difusa.

Para impulsionar o crescimento do cabelo, adicione alimentos ricos em ferro em sua dieta diária.

É importante, por exemplo, comer bastante espinafre, acelga, couve, gema de ovo, bife de vaca, feijão-branco e feijão-preto.

Como a deficiência de ferro pode levar à perda de cabelo, assegure-se de obter a quantidade diária recomendada comendo muitos alimentos ricos em ferro e tomando um bom multivitamínico diário.

No entanto, tenha cuidado com a suplementação excessiva de ferro.

Os pacientes que não respondem à terapia de reposição de ferro devem passar por testes adicionais para identificar outras causas subjacentes de deficiência de ferro e perda de cabelo.

6. Vitamina D

Os folículos capilares são altamente sensíveis aos hormônios e, para quem não sabe, a vitamina D é na verdade um hormônio que desempenha um papel importante na homeostase do cálcio, na regulação imunológica e na diferenciação do crescimento celular.

No mundo científico, é bem conhecido que a alopecia areata é comumente encontrada em pacientes com deficiência de vitamina D, raquitismo resistente à vitamina D ou mutação no receptor da vitamina D.

Para reverter a situação, tome banho de sol diariamente por 30 minutos .

Além disso, coma alimentos ricos em vitamina D, como cavala, bacalhau, ovo e cogumelos.

7. Plantas

Embora não sejam vitaminas, dois outros ingredientes podem ajudar a melhorar o crescimento do cabelo: óleo essencial de alecrim e o gel da babosa.

Misture os dois em partes iguais e aplique nos fios.

Isso vai estimular o crescimento e melhorar a saúde do cabelo.

– Óleo essencial de alecrim

Quando aplicado no couro cabeludo, acredita-se que o óleo de alecrim aumenta o metabolismo celular, estimulando o crescimento do cabelo.

Um estudo realizado em 2013, na Universidade Kinki, no Japão, descobriu que o extrato de folhas de alecrim melhorou o crescimento do pelo em camundongos.

Um estudo em humanos, realizado em 2015, investigou a eficácia clínica do óleo de alecrim no tratamento da alopecia androgenética.

Pacientes com alopecia androgenética foram tratados por seis meses com óleo de alecrim.

Passando esse tempo, os voluntários perceberam um significativo crescimento nos fios.

O estudo prova que o óleo de alecrim é tão eficaz quanto os medicamentos para o crescimento do cabelo, e com menos efeitos colaterais, como coceira no couro cabeludo.

– Gel de babosa

Ele tem propriedades nutritivas e muitas vitaminas e minerais que ajudam a manter seu cabelo forte e saudável.

Os benefícios da babosa para a saúde da pele e dos cabelos são conhecidos há séculos.

O gel da babosa acalma e condiciona o couro cabeludo, proporcionando um ambiente ideal para o crescimento do cabelo.

Você pode aplicá-lo diretamente no couro cabeludo ou adicionar no xampu suave e natural.

Se quiser, beba cerca de meia xícara de suco de babosa duas vezes ao dia.

Devido às propriedades antibacterianas e antifúngicas da planta, ela também ajuda a eliminar a caspa.

Fonte: https://www.curapelanatureza.com.br/post/06/2018/pare-queda-de-cabelo-com-estas-7-vitaminas

BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça