header top bar

section content

Atlético (PR) quer Renato Cajá, da Ponte Preta

As negociações envolvendo Atlético-PR e Ferroviária-SP já estão em estágio avançado para que o meia Renato desembarque no CT do Caju. O jogador de 23 anos está defendendo a Ponte Preta no Campeonato Paulista deste ano, por empréstimo, e o seu contrato com a equipe de Araraquara vai até janeiro de 2009. Uma parceria entre […]

Por

20/03/2008 às 12h00

As negociações envolvendo Atlético-PR e Ferroviária-SP já estão em estágio avançado para que o meia Renato desembarque no CT do Caju. O jogador de 23 anos está defendendo a Ponte Preta no Campeonato Paulista deste ano, por empréstimo, e o seu contrato com a equipe de Araraquara vai até janeiro de 2009. Uma parceria entre Furacão e a Locomotiva poderia facilitar o negócio.

– Só falta o Atlético acertar as bases salariais com o jogador. Sabemos que a Ponte está fazendo tudo o que é possível para ficar com ele, mas está difícil com toda essa concorrência em cima do Renato. O empréstimo vai até o fim do ano, e o valor para a Ponte liberá-lo é de R$ 500 mil (50% para a Macaca, 50% para o atleta). Entre nós e o Atlético, está tudo encaminhado, o maior problema seria convencer o jogador – afirma o presidente da Ferroviária, Welson Alves Ferreira Júnior.

Já o procurador de Renato, Cândido Neto, não coloca o apoiador tão próximo do Furacão.

– Tudo o que for falado até o fim do Campeonato Paulista é especulação. Ele não sai da Ponte, eu garanto. O Atlético procurou a Ferroviária, mas não me ligou. Só sei do interesse. Não existe nada desse momento, a cabeça dele está voltada para classificação da equipe entre os quatro – rebate o empresário.

Afinal, quem vai ficar com o jogador?
Em um primeiro momento, o Atlético teria de bancar os R$ 500 mil para o rompimento do empréstimo entre Renato e Ponte. Como possui uma parceria com a Ferroviária, o Rubro-Negro poderia negociar quanto aos R$ 1 milhão – e não R$ 2 milhões como foi ventilado – da rescisão prevista no contrato do meia com a equipe de Araraquara. Uma visita do diretor de futebol do Furacão, Alberto Maculan, é aguardada no interior paulista.

– Tenho a informação que o Maculan virá a São Paulo para tratar desse e de outros assuntos. Ele iria também a Campinas para conversar com o jogador – revela Welson Alves Ferreira Júnior.

Mesmo se isso ocorrer, de acordo com o procurador de Renato, o jogador só pensará no futuro após o Paulistão.

– Temos um compromisso moral com a diretoria da Ponte Preta, não vamos sair assim, pela porta dos fundos. Vamos sentar para conversar com quem estiver interessado depois do campeonato – garante.

Todavia, Cândido Neto não descarta a transferência do jogador para o Furacão, dependendo da oferta.

– Existem dois clubes grandes de São Paulo atrás do Renato. A ida dele para esse ou aquele clube não depende só dele, precisa passar também por Ponte e Ferroviária. Nós temos um plano de carreira para ele, se tivéssemos problemas financeiros já estaríamos em um clube grande do Brasil. Temos que definir no futuro qual clube se encaixa melhor nesse plano que temos para o Renato. Pode ser o Atlético, pode ser o São Paulo, ou outro time – conclui o empresário.

Fonte: Globo Esporte

Tags:
INFORMAÇÃO OFICIAL

VÍDEO: Tenente do 4º BBM dá detalhes de incêndio em galpão de reciclagem na cidade de Patos

DRACO

VÍDEO: Assaltante investigado no ataque a carro forte entre Aparecida e Pombal é preso em Sousa

SORTEIO DE R$ 100,00

VÍDEO: “O que o Brasil mais precisa?” agitou o Pix Diário do programa Olho Vivo; veja as respostas

CULTURA NORDESTINA

VÍDEO: Comerciantes de fogos juninos se adaptam para manter tradição em barraquinhas da cidade de Sousa

Recomendado pelo Google: