header top bar

section content

VÍDEO: Escolinha de futsal realiza trabalho social e revela novos atletas em Cajazeiras-PB

A Escolinha de Futsal e Futebol Ajax foi fundada em 2002 pelo desportista Alberto Bala e hoje é coordenada pelo seu filho

Por Jocivan Pinheiro

28/07/2016 às 15h55 • atualizado em 29/07/2016 às 14h04

Há 14 anos, um projeto que visa afastar as crianças e adolescentes do mundo do crime e das drogas através do esporte se mantém vivo em Cajazeiras mesmo com poucos apoios.

William Bala, coordenador da escolinha

William Bala, coordenador da escolinha

Esse projeto é a Escolinha de Futsal e Futebol Ajax, fundada em 2002 pelo desportista Alberto Bala e hoje é coordenada pelo seu filho William e o amigo Léo Amaro.

VEJA TAMBÉM: Jovem de Cajazeiras passa em teste e poderá jogar em grande clube do Brasil

» 1ª Copa de Futebol de Base de Cajazeiras traz olheiro do Sport-PE para avaliar atletas

Mesmo diante das dificuldades, a escolinha tem ajudado a revelar promessas do esporte em Cajazeiras e acrescentado mais cidadania aos jovens.

Tanto no campo como nas quadras, a escola recebe crianças e adolescentes dos 7 aos 17 anos. E além da formação esportiva, ajuda na formação moral e educacional dos alunos.

“Além de tirar os jovens desse mundo cruel que a gente tem hoje, a escolinha dá oportunidade para que esses jovens carentes possam ter alguma oportunidade na vida”, ressaltou o coordenador William Bala.

“O Ajax para mim é tudo. Se não fosse essa escola e se não fosse o professor William eu não tinha conseguido o que eu estou conseguindo hoje. Vou levar isso para minha vida toda”, declarou o aluno Otávio Henrique.

DIÁRIO DO SERTÃO

DESTAQUE NA CAPITAL

VÍDEO: Em João Pessoa, jornalista cajazeirense que ajudou a criar o ‘Boca Quente’ conta sua trajetória

ENTREVISTA EM CAJAZEIRAS

VEJA: Pastor repudia ‘chacotas’ à futura ministra que diz ter visto Jesus em goiabeira: “Deus faz assim”

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Colunista defende deputados de Cajazeiras na disputa por cargos com deputada de João Pessoa

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas