header top bar

section content

BAIXA: Após reunião na FPF, TV´s on line anunciam que não transmitirão o Paraibano de 2018. VEJA VÍDEO!

Em uma discussão acalorada, os representantes das TVs Online cobraram o direito de transmitir os jogos já que a Esporte Interativo não cobrem as partidas.

Por Redação Diário

12/01/2018 às 01h15 • atualizado em 12/01/2018 às 09h02

Terminou sem definição a reunião na capital João Pessoa, que aconteceu nesta quarta-feira (10), entre a Federação Paraibana de Futebol (FPF), clubes, e representantes de TVs online para discutir a proibição de transmissão de jogos do Campeonato Paraibano.

VEJA MAIS MATÉRIAS ESPORTIVAS

Durante o encontro ficou decidido que a FPF convocará para próxima semana outra reunião entre a entidade e os clubes para avaliar a possibilidade de rescisão do contrato de exclusividade de transmissão com a Esporte Interativo que tem validade até 2022.

Em uma discussão acalorada, os representantes das TVs Online cobraram o direito de transmitir os jogos já que a Esporte Interativo não cobrem as partidas. Eles ameaçam até levar o caso à Justiça.

“A gente está brigando para transmitir, dar visibilidade e dinheiro aos clubes. Mas estamos amarrados por um contrato que a Esporte Interativo tem com a FPF e estamos impedidos. Se o presidente Amadeus Rodrigues quiser ele pode ao nosso lado judicializar e liberar. É bem prático isso”, considerou Gutemberg Cardoso que representou na reunião a Associação Paraibana de Mídias Digitais (AMIDI).

O presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, voltou a sustentar que não pode liberar as transmissões para que a instituição não venha a ser penalizada por desrespeitar o contrato com a Esporte Interativo. De acordo com ele, os clubes é que decidirão se rescinde o contrato com a empresa ou não.

“Na próxima semana a gente vai fazer essa reunião para discutir porque não é só os portais que estão insatisfeitos. Os clubes também estão e isso foi dito aqui. É uma vergonha o campeonato disputado como é o nosso e com uma despesa enorme e a gente ficar amarrado com a Esporte Interativo”, afirmou.

Empresário Arlan Rodrigues, representou o Atlético de Cajazeiras

TV Empreender de João Pessoa consegue direito de transmissão
A Amidi considera positiva a liberação para uma TV, mas questiona critérios e o motivo da permissão isolada. A entidade quer o princípio da isonomia e defende que demais sites do Interior – que já fazem esse trabalho há quatro anos – tenham o mesmo direito de continuar transmitindo as partidas.

“Não aceitamos privilégios e nem discriminação. O que vale para um deve valer para todos”, sustentou Gutemberg Cardoso.

Representantes das TV´s On Line e portais da Paraíba estiveram presentes na reunião da FPF

PRESENÇAS
Participaram da reunião, Petson Santos da TV Diário do Sertão, Wgleyson de Sousa, da TV Sertão, ambas de Cajazeiras, além de Michele Marques da TV Portal Mídia de Guarabira, Antônio Carlos da Rapozap de Campina Grande e Eugênio Rodrigues da TV Sousa. O advogado cajazeirense, Joselito Feitosa representou na oportunidade a parte jurídica da AMIDI.

Também participaram do encontro, o presidente da ACEP (Associação dos Cronista Esportivos da Paraíba), Ronaldo Belarmino e jornalista Heron Cid, vice presidente da AMIDI.

DIÁRIO ESPORTIVO

Tags:
TOTALMENTE RENOVADO

VÍDEO: Com mais elegância e tecnologia, novo carro da Wolkswagen é lançado com festa em Cajazeiras

ENTREVISTA

VÍDEO: João Azevêdo garante que tem planos para fortalecer produção de leite e área da saúde em Pombal

ALÍVIO

VÍDEO: Para vice-presidente do SINDIÁGUA, eleição de João Azevêdo afasta risco de privatização da Cagepa

FASE DE 'ÓCIO'

VÍDEO: Aposentado, jornalista da PB cita ex-colegas da imprensa que ele admira e diz se pretende voltar