header top bar

section content

Duas semanas após sofrer AVC, Marcelinho Paraíba volta aos treinos

Meia de 42 anos passou os últimos 14 dias em repouso e, mesmo antes dos 30 dias recomendados pelos médicos, passou por uma atividade leve com o preparador físico do Treze

Por Globo Esporte PB

16/03/2018 às 10h24

Marcelinho Paraíba, ao lado do preparador físico Renan Barros, do Treze (Foto: Ramon Smith / Treze)

Exatamente 15 dias depois de ter sofrido um AVC isquêmico, o meia Marcelinho Paraíba voltou aos treinos na tarde desta quinta-feira. Enquanto seus companheiros de Treze trabalharam pela manhã, o experiente jogador foi para o gramado do Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande, para ser avaliado por Renan Barros, que é um dos preparadores físicos do clube. O retorno de Marcelinho aos trabalhos físicos aconteceu bem antes da previsão médica, que recomendou que o atleta ficasse 30 dias afastado do futebol.

Marcelinho esteve em repouso absoluto desde o dia 1º de março, quando sofreu o AVC, quando estava em casa. Ele ficou 10 dias internado e saiu do hospital com a recomendação médica de 10 dias de sem esforço muscular e 30 dias de atestado. De acordo com o preparador físico do Treze, o período parado fez com que o jogador necessitasse passar por uma completa readaptação física. Até ser reintegrado de vez aos trabalhos junto com o elenco alvinegro, o meia ainda passará por um processo especial de treinamento.

– Nós submetemos o atleta a um treino avaliativo, que consistiu numa atividade bem leve. Ele deu alguns trotes em torno do gramado, sempre com nosso acompanhamento, aferindo pressão arterial, frequência cardíaca e sentindo as reações do jogador aos estímulos. Agora, mais do que nunca, é preciso paciência para recondicioná-lo. É um processo lento e que inspira muito cuidado – esclareceu Renan.

Marcelinho Paraíba – que já vestiu as camisas da seleção brasileira e de grandes clubes Brasil afora, como Grêmio, São Paulo e Flamengo – vive o que deve ser o último ano da sua carreira. A pouco mais de dois meses de completar 43 anos, o meia ainda planeja disputar a final do Campeonato Paraibano deste ano, mas, para isso ainda torce para o Treze chegar lá. O time de Campina Grande está na semifinal do estadual e, mesmo que avance para a decisão, os jogos vão acontecer nos dias 4 e 8 de abril, período ainda dentro do prazo estipulado pelos médicos para o jogador seguir ainda sem jogar futebol.

Nesse seu retorno ao futebol paraibano, o meia – que é ídolo do Hertha Berlim, da Alemanha -, só ficou à disposição para reestrear pelo Treze com a temporada já em andamento. Antes de sofrer o AVC, ele atuou em seis partidas: quatro pelo Campeonato Paraibano e duas pela Copa do Nordeste.

Fonte: Globo Esporte PB - https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/times/treze/noticia/duas-semanas-apos-sofrer-avc-marcelinho-paraiba-volta-aos-treinos.ghtml

Recomendado para você pelo google

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Se reforma da Previdência não cortar privilégios, sociedade deve ‘gritar’ contra ela, diz padre

INFRAESTRUTURA

VÍDEO: Chuvas destroem ruas de Cajazeiras que não são pavimentadas e moradores cobram ação da Prefeitura

VETERANO DA MÚSICA

VÍDEO: Em Cajazeiras, cantor de renome nacional critica sertanejo universitário: “Virou uma baderna”

COBRA REAJUSTE DE 2018

VÍDEO: Sindicalista elogia Zé Aldemir por salário de professores, mas diz que felicidade é ‘entre aspas’