header top bar

section content

Serrano surpreende e vence o Campinense no jogo de ida da semifinal do Paraibano

Lobo da Serra se fechou na defesa e, no segundo tempo, contou com a velocidade de Rafael Ibiapino para abrir o placar sobre o Campinense

Por Globo Esporte PB

19/03/2018 às 14h57

Com o 1 a 0 do último domingo, no Amigão, o Lobo da Serra joga pelo empate na partida de volta para chegar à decisão do estadual

Diante do time de melhor campanha da competição o Serrano se fechou na defesa e Rafael Ibiapino aproveitou a única chance que teve para marcar o gol que deixou o Lobo da Serra em vantagem perante o Campinense. Ainda que a Raposa precise de apenas uma vitória, por qualquer placar que seja, para se classificar, o Serrano precisa apenas de um empate para fazer história novamente e chegar à sua primeira final de estadual.

PRIMEIRO TEMPO

O Serrano iniciou o primeiro tempo recuado, se defendendo e sem sair muito ao campo de ataque. Já o Campinense, tinha a proposta de pressionar o Lobo da Serra no seu campo de defesa. Mas a Raposa não aproveitou o grande número de chances criadas na primeira etapa e passou em branco. Nem mesmo nas muitas cobranças de escanteio e de faltas do lateral-direito Alex Murici, a equipe de Ruy Scarpino conseguiu colocar a bola dentro do gol. E assim, o Rubro-Negro foi para os vestiários pressionado pela torcida.

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, a tônica seguiu a mesma do primeiro tempo, pelo menos na primeira metade. Depois, o Serrano mudou de postura e começou a explorar a velocidade de Rafael Ibiapino diante do espaço ocasionado pelas subidas dos laterais do Campinense ao ataque. Numa dessas oportunidades, o atacante do Serrano recebeu lançamento longo e mandou a bola para as redes, mas pelo lado de fora. O que acabou servindo de ensaio para o gol do Lobo, já que minutos depois Ibiapino recebeu lançamento de Diogo Baiano e marcou o gol da vitória da equipe comandada por Betão. Apesar das muitas tentativas da Raposa, o gol não saiu e o Serrano levou mesmo a melhor no jogo de ida da semifinal do estadual.

RAFAEL IBIAPINO E A LEI DO EX

Rafael Ibiapino, atacante destaque do Serrano, se profissionalizou no Campinense, no ano de 2012. De lá para cá, rodou pelo futebol nordestino e, desde 2017, defende as cores do Serrano. Hoje, diante do ex-clube, foi implacável, tal qual a famosa “Lei do Ex”, uma brincadeira que permeia as torcidas do Brasil, sempre que um jogador marca contra um clube que já defendeu. Ibiapino foi decisivo para o Serrano e marcou o gol da vitória sobre a Raposa.

E O JOGO DA VOLTA?

O jogo da volta está, a princípio, marcado para acontecer, no Estádio Amigão, no dia 1º de abril. Mas ainda há a possibilidade de todo o campeonato ser paralisado na justiça desportiva, por um possível recurso do Sousa, que pleiteia o lugar do Serrano, ou ainda que o STJD paralise a competição para julgar o caso de Botafogo-PB e Treze.

E AGORA?

Agora, para avançar à final, o Serrano precisa apenas de um empate no jogo da volta, que a princípio está marcado para o dia 1º de abril. Já o Campinense, precisa apenas de uma vitória, por qualquer placar que seja, para chegar à final.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/pb/futebol/campeonato-paraibano/jogo/18-03-2018/serrano-pb-campinense/

QUARTO EPISÓDIO

Em homenagem ao Dia das Crianças, programa Coisas de Cajazeiras entrevistou uma turma esperta e antenada

EMOÇÃO E REVOLTA

VÍDEO: Após um ano e três meses, Victória Albuquerque é sepultada sob lágrimas e protestos em Cajazeiras

CRISE?

VÍDEO: Empresário afirma que tem vagas de emprego em Cajazeiras, mas faltam profissionais capacitados

DIRETO AO PONTO

Eleitos em Cajazeiras devem se comprometer com aeródromo, estrada de Boqueirão e hospital, diz colunista