header top bar

section content

Com time misto, Náutico vence e segue com chances de classificação na Copa do Nordeste

Timbu quebra a invencibilidade do Botafogo-PB com gol de Rafael Assis e agora faz as contas para se classificar na última rodada, quando enfrenta o Altos em Teresina. Já o Belo recebe o Bahia e segue precisando do empate.

Por Globo Esporte PB

23/03/2018 às 08h45

Náutico x Botafogo-PB

A decisão do Grupo C fica para a próxima quinta-feira (29). O Botafogo-PB recebe o Bahia no Almeidão, enquanto o Náutico vai até o Albertão, em Teresina, para enfrentar o Altos.

VIRANDO A CHAVE
Mas antes disso os dois times se concentram em seus estaduais. O Náutico faz a semifinal do Campeonato Pernambucano contra o Salgueiro, em jogo único na Arena de Pernambuco. Já o Botafogo-PB encara o Treze na primeira partida da semifinal do Paraibano, em João Pessoa.

NÁUTICO EMBOLA O GRUPO
Mesmo jogando com um time repleto de reservas, o Náutico fez o dever de casa e venceu o Botafogo-PB por 1 a 0, mantendo-se com chances de classificação na Copa do Nordeste. O único gol da partida na Arena de Pernambuco foi marcado por Rafael Assis, no primeiro tempo.

Apesar da derrota, o Belo segue na liderança do Grupo C e segue dependendo de um ponto para se classificar.

Para o Náutico, a classificação passa obrigatoriamente por uma vitória sobre o Altos. Em caso de empate no jogo de João Pessoa, o Timbu precisaria vencer por quatro gols de diferença para se classificar, ultrapassando o Bahia no saldo de gols. Já se houver um vencedor no Almeidão, bastaria uma vitória simples em Teresina.

PRIMEIRO TEMPO
Mesmo com um time alternativo, o Náutico deu as cartas no primeiro tempo. Tanto que, além do gol marcado por Rafael Assis, ainda mandou duas bolas na trave do goleiro Saulo. O Botafogo-PB, por sua vez, esteve em uma noite pouco inspirada e só conseguiu alguma coisa nas jogadas de Dico pela esquerda – na melhor delas, o zagueiro Camutanga desviou o cruzamento e só não marcou gol contra porque Bruno salvou. O lance que decidiu a partida aconteceu aos 35 minutos. Rafael Assis fez linda jogada individual e soltou a bomba da entrada da área. Golaço, sem defesa para Saulo.

SEGUNDO TEMPO
Precisando do empate, o Botafogo começou a segunda etapa sem criatividade. Com Marcos Aurélio bem marcado, o time paraibano não teve criatividade para chegar ao gol adversário.O Náutico, por sua vez, controlou bem a partida a espera de um contra-ataque que pudesse definir o jogo. Ainda assim, foi um segundo tempo de poucas emoções. Só na parte final, na base do abafa, é que o Belo chegou mais perto do empate, especialmente em dois escanteios cobrados por Marcos Aurélio que levaram perigo. Aproveitando os espaços, o Náutico teve a bola que tanto esperou nos pés de Tharcysio, mas o goleiro Saulo evitou o segundo gol já nos acréscimos.

Fonte: Globo Esporte PB - http://globoesporte.globo.com/pe/futebol/copa-do-nordeste/jogo/22-03-2018/nautico-botafogo-pb/

Recomendado para você pelo google

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Se reforma da Previdência não cortar privilégios, sociedade deve ‘gritar’ contra ela, diz padre

INFRAESTRUTURA

VÍDEO: Chuvas destroem ruas de Cajazeiras que não são pavimentadas e moradores cobram ação da Prefeitura

VETERANO DA MÚSICA

VÍDEO: Em Cajazeiras, cantor de renome nacional critica sertanejo universitário: “Virou uma baderna”

COBRA REAJUSTE DE 2018

VÍDEO: Sindicalista elogia Zé Aldemir por salário de professores, mas diz que felicidade é ‘entre aspas’