header top bar

section content

Marcelinho Paraíba deixa para trás o susto com AVC e só pensa em voltar a jogar

Meia de 42 anos sofreu um acidente vascular cerebral há 22 dias e já se diz apto a ser escalado para uma partida oficial. Previsão inicial era de 30 dias afastado do futebol

Por Globo Esporte PB

25/03/2018 às 12h42

Marcelinho Paraíba (Foto: Ramon Smith / Treze)

O susto já passou e o foco agora é só em voltar a jogar futebol. Três semanas após sofrer um princípio de Acidente Vascular Cerebral (AVC), o meia Marcelinho Paraíba falou sobre o desejo de voltar o quanto antes a fazer o que mais gosta. Recuperado do problema e já treinando com seus companheiros de Treze, o jogador de 42 anos vive a expectativa de entrar em campo nos próximos dias, pelo Campeonato Paraibano e pela Copa do Nordeste.

Marcelinho Paraíba sofreu uma isquemia cerebral (AVC leve) no dia 1º deste mês, quando estava em casa. Ele ficou dois dias internado e, passado o susto, recebeu alta. A recomendação médica àquela altura era de mais alguns dias de repouso absoluto e de 30 dias afastado do futebol. Mas, na semana passada, ele já voltou às atividades leves com o preparador físico do Treze, nesta semana treinou com bola, e hoje, apenas 22 dias após o incidente, já projeta seu retorno às partidas oficiais.

– Já estou treinando e apto a atuar com meus companheiros. Se Flávio (Araújo, técnico do Treze) optar por mim, estarei em condições para jogar – cravou Marcelinho Paraíba.

Acostumado a grandes desafios ao longo da carreira – na qual vestiu as camisas da seleção brasileira e de grandes clubes Brasil afora, como Grêmio, São Paulo e Flamengo, por exemplo -, o experiente jogador se impôs mais essa missão: resistir ao baque na saúde e entrar em campo o quanto antes.

Ansioso por voltar a atuar numa partida oficial, Marcelinho Paraíba compartilha agora com clube e torcida trezeanos a expectativa de ajudar o time na sequência do Campeonato Paraibano. O time está na semifinal da competição e enfrenta o Botafogo-PB nos dois próximos domingos. Uma escalação do camisa 10 já nesta primeira partida parece improvável, mas, segundo o atleta, essa decisão está na mão do treinador.

O Treze tem ainda um jogo pela Copa do Nordeste, na próxima semana, contra o Confiança, mas apenas cumprindo tabela, já que não tem mais chances de classificação. E, no penúltimo fim de semana de abril, o time paraibano dá início a sua caminhada também na Série D do Brasileiro. Oportunidades para Marcelinho Paraíba – ídolo do Hertha Berlim, da Alemanha – mostrar que ainda tem muita lenha para queimar no futebol.

Fonte: Globo Esporte PB - https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/times/treze/noticia/marcelinho-paraiba-deixa-para-tras-o-susto-com-avc-e-so-pensa-em-voltar-a-jogar.ghtml

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco

SERTÃO PRESTIGIADO

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, OAB-PB empossa os eleitos para comandar a instituição

ÁGUA

VÍDEO: Prefeito de Santa Helena inaugura barragem na comunidade São Bento e açude já acumula água