header top bar

section content

TJDF-PB abre inquérito para investigar os nomes citados em matéria do Fantástico

Segundo o procurador-geral do Tribunal, medidas cabíveis serão tomadas caso seja confirmado o envolvimento dos árbitros e dirigentes no casos de suposta corrupção investigados pela polícia

Por Globo Esporte PB

18/04/2018 às 09h07

Procurador-geral do TJDF-PB, Marinaldo de Barros protocolou o inquérito para investigar o envolvimento dos nomes citados na matéria do fantástico em manipulação de resultados. (Foto: Divulgação / TJDF-PB)

Procurador-geral do Tribunal de Justiça Desportiva e do Futebol da Paraíba (TJDF-PB), Marinaldo Roberto de Barros protocolou na tarde dessa segunda-feira a abertura de inquérito para apurar o suposto envolvimento das pessoas físicas e jurídicas que foram citadas na reportagem sobre a Operação Cartola veiculada pelo programa Fantástico no último domingo. A operação investiga uma suposta organização formada para manipular resultados no futebol profissional paraibano.

Nos próximos dias, a vice-presidente do TJDF-PB, Wergla Dore Silva, deve designar um auditor para que o inquérito seja presidido. Nas mãos do auditor responsável, o processo deve durar pelo menos 15 dias para que a investigação seja concluída e retorna para a procuradoria em forma de denúncia para que seja julgado.

– A medida serve para apurar se houve ou não a manipulação citada no Fantástico. Com o auditor designado, o inquérito terá 15 dias para que as investigações sejam concluídas. Em seguida, ele volta à Procuradoria para que tomemos as providências cabíveis – afirmou o procurador-geral.

Em entrevista ao repórter Maurício Ferraz, o delegado Lucas Sá, da Polícia Civil, divulgou três dos jogos que estão sob investigação na edição do Campeonato Paraibano de 2018. Os nomes dos árbitros Francisco Santiago (responsável pela arbitragem de Botafogo-PB 3 x 3 CSP), João Bosco Sátiro (Nacional de Patos 0 x 2 CSP) e Antônio Carlos Rocha (Botafogo-PB 3 x 1 Sousa) e do presidente da Comissão de Arbitragem da Paraíba, José Renato, foram citados na matéria do Fantástico, repassados que foram pela polícia.

Além disso, dois dos cinco árbitros que, segundo o delegado, denunciaram o esquema também foram associados aos três jogos em questão, bem como dirigentes do Botafogo-PB, que não tiveram os nomes identificados.

Segundo o procurador-geral, a abertura do inquérito é uma medida independente das investigações da Operação Cartola, deflagrada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público na segunda-feira da semana passada. Caso a infração seja confirmada, o inquérito se transforma em denúncia e vai para julgamento no TJDF-PB.

Fonte: Globo Esporte PB - https://globoesporte.globo.com/pb/basquete/noticia/tjdf-pb-abre-inquerito-para-investigar-os-nomes-citados-em-reportagem-do-fantastico.ghtml

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

Ele vem aí! Sousa Esporte Clube apresenta novo time e garante lutar com raça pelo título do Paraibano

DESTAQUE INTERNACIONAL

VÍDEO: Em Cajazeiras, palestrante filho de paraibanos fala das suas experiências no Brasil e no exterior

"AQUI NESSA MESA DE BAR"

VÍDEO: Homenagem a garçons de Cajazeiras no programa Xeque-Mate tem música, drinks e boas histórias

SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico