header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

A cinco dias da convocação de Tite, Hulk admite desejo de disputar a Copa 2018

Atacante do Shangai SIPG diz estar focado em fazer o melhor em seu clube para - quem sabe? - voltar a ter oportunidade na disputa de uma Copa do Mundo, agora na Rússia

Por Globo Esporte PB

09/05/2018 às 10h09

Hulk foi titular na Copa de 2014 com a camisa 7 do Brasil (Foto: Marcos Ribolli)

Na próxima segunda-feira, o técnico Tite vai convocar os 23 atletas que vão representar o Brasil na disputa da Copa do Mundo 2018, na Rússia. Com boas atuações no futebol chinês, mas sem ser lembrado há um bom tempo para a Seleção Canarinha, o atacante paraibano Hulk ainda vive a expectativa de ser lembrado novamente e partir para sua segunda Copa do Mundo na carreira.

– Eu procuro sempre me esforçar ao máximo no meu clube, procuro me cuidar e jogar todos os jogos em alto nível. Eu estou fazendo o meu melhor aqui e, se surgir uma oportunidade, eu vou agarrar com unhas e dentes porque defender a seleção de seu país é um orgulho para todo jogador. Eu queria não só disputar uma Copa do Mundo, mas queria ganhar essa competição. Se tiver essa chance agora, eu vou tentar dar ainda mais de mim – declarou o jogador do Shanghai SIPG em entrevista por telefone, direto da China, ao programa Bate Bola Campina da Rádio CBN.

Hulk esteve no time do Brasil, inclusive como titular, na última Copa do Mundo, em casa, na qual o time sofreu a goleada mais dolorida da história do futebol brasileiro e das Copas do Mundo: o 7 a 1 diante da Alemanha na semifinal disputada no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte. Hulk era um dos homens de confiança do então técnico Luiz Felipe Scolari, mas, atuando em uma posição diferente daquela com a qual está habituado, acabou passando em branco na disputa do Mundial.

Dois anos após a Copa, o atacante paraibano acabou se transferindo do Zenit, da Rússia, para o Shanghai SIPG, da China, em uma das transferências mais caras do futebol mundial. Sentindo-se adaptado ao clube chinês, o jogador revelou ainda que tem o desejo de um dia voltar ao futebol europeu, só que desta vez para jogar no futebol da Inglaterra.

– A Premier League é uma das ligas mais fortes do mundo e eu penso em um dia atuar por um time nessa competição, mas se tiver que acontecer vai ser com o tempo. Eu estou muito feliz aqui na China, minha família está adaptada e eu penso em fazer o melhor pelo meu clube – acrescentou.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/noticia/a-seis-dias-da-convocacao-de-tite-hulk-admite-desejo-de-disputar-a-copa-2018.ghtml

HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir