header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Juiz manda prender Marcelinho Paraíba por atraso no pagamento de pensão

Determinação do juiz Cláudio Pinto Lopes, titular da Vara da Família de Campina Grande, é para que o jogador do Treze fique detido por 30 dias no Presídio Agnelo Amorin, na cidade paraibana

Por Globo Esporte PB

19/05/2018 às 08h00 • atualizado em 18/05/2018 às 15h46

Marcelinho Paraíba (Foto: Ramon Smith / Treze)

O juiz Cláudio Pinto Lopes, titular da Vara da Família de Campina Grande, expediu um mandado de prisão em desfavor do meio-campista do Treze, Marcelinho Paraíba, de 43 anos. De acordo com a decisão do magistrado, o jogador estaria em atraso com o pagamento de uma pensão alimentícia.

O juiz determina que Marcelinho seja recolhido por 30 dias ao Presídio Agnelo Amorim, o Presídio do Monte Santo, em Campina Grande. E ainda intima o Treze a descontar o valor devido diretamente no salário do atleta.

“Por fim, expeça-se mandado de prisão remetendo cópia às autoridades competentes. Ademais, expeça-se ofício ao Treze Futebol Clube para que realize o desconto do valor da pensão alimentícia diretamente nos rendimentos do promovido, depositando-o na conta-corrente de titularidade da genitora do menor” – diz parte da decisão do juiz Cláudio Pinto Lopes, da Vara da Família de Campina Grande.

A reportagem do GloboEsporte.com tentou entrar em contato com o advogado Afonso Vilar, que representa o jogador, mas até agora os contatos telefônicos não foram atendidos, nem retornados. Marcelinho Paraíba não viajou com a delegação do Treze, que deixou Campina Grande no começo da tarde com destino a Maceió. Nessa quinta-feira, ele já havia faltado à atividade do time, alegando problemas pessoais. No domingo, o Galo entra em campo para enfrentar o Santa Rita de Alagoas, pela Série D do Campeonato Brasileiro.

Por telefone, o advogado do Treze, George Ramalho, informou que o clube ainda não foi notificado da decisão, mas garantiu que a entidade vai cumprir tudo o que for determinado pela Justiça. Vale destacar que o clube paraibano não explicou o motivo da ausência do nome do jogador na lista de relacionados para a partida deste domingo.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/noticia/juiz-manda-prender-marcelinho-paraiba-por-atraso-no-pagamento-de-pensao.ghtml

HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir