header top bar

section content

Marcelinho Paraíba revela ter saído de Campina Grande com medo de ser preso

Meia do Treze voltou ao trabalho na última quinta-feira após o pagamento de parte da dívida de pensão alimentícia que gira em torno de R$30 mil e da revogação do mandado de prisão contra ele

Por Globo Esporte PB

01/06/2018 às 10h02

Foto: Ramon Smith / Treze

O meio-campista Marcelinho Paraíba revelou na última quinta-feira que sentiu medo de ser preso por conta do não pagamento de uma pensão alimentícia a um filho de nove anos. Marcelinho disse que teve inclusive que se afastar de Campina Grande durante o período em que estava vigorando o mandado de prisão expedido pelo juiz titular da Vara da Família. O meia do Treze voltou ao trabalho nesta quinta-feira após o pagamento de parte da dívida que gira em torno de R$30 mil e da revogação do mandado de prisão que havia sido expedido desde o dia 11 desse mês.

– Eu tive que ficar uns dias fora de Campina Grande e confesso que tive medo de ser preso. Meu advogado orientou e por isso eu passei uns dias fora da cidade até que essa situação se resolvesse. Ainda bem que conseguimos contornar esse problema e agora é pensar em voltar aos treinos normalmente e ajudar o Treze a conquistar esse acesso na Série D do Campeonato Brasileiro – disse o camisa 10 alvinegro.

Na última quarta-feira após o pagamento de cerca de R$20.300 Marcelinho Paraíba teve o mandado de prisão que constava contra ele revogado pela justiça em Campina Grande.

De toda forma, a advogada que representa a mãe da criança informou que vai pedir novamente para que o atleta seja preso ou então que ele cumpra o pagamento integral dos valores que ainda estão em aberto.

Durante a entrevista coletiva que concedeu no Estádio Presidente Vargas, Marcelinho disse ainda que vinha treinando nesses últimos dias e que se possível quer integrar o elenco alvinegro que viaja nesta sexta feira para o interior de Minas Gerais.

No domingo, o Galo enfrenta a equipe da URT em Patos de Minas no primeiro jogo válido pelo mata-mata da quarta divisão nacional. O confronto da volta está marcado para acontecer no dia 9, um sábado, no PV em Campina Grande.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/times/treze/noticia/marcelinho-paraiba-revela-ter-saido-de-campina-grande-com-medo-de-ser-preso.ghtml

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras