header top bar

section content

Atraso no pagamento de pensão alimentícia é apenas mais uma polêmica na carreira de Marcelinho Paraíba

Ex-meia de São Paulo, Grêmio e Flamengo protagonizou vasta lista de episódios extra-campo. Após ter prisão decretada há duas semanas, ele reaparece mas está fora do jogo do Treze pela Série D

Por Globo Esporte PB

04/06/2018 às 09h28

Reprodução / TV Cabo Branco

Quando o Treze entrar em campo neste domingo em Patos de Minas estará desfalcado de seu principal jogador. Marcelinho Paraíba até treinou com a equipe na sexta-feira, mas não enfrenta a URT na abertura do mata-mata da Série D. Ausência não por contusão ou suspensão, e sim o resultado de mais uma polêmica fora de campo.

Aos 43 anos, Marcelinho Paraíba é um jogador que levou para muitos torcedores a alegria de comemorar gols e títulos no Brasil e no Mundo. O meio-campista, que foi destaque no São Paulo, Grêmio e Hertha Berlim – da Alemanha -, no entanto estende o seu protagonismo para além das quatro linhas sendo destaque fora do futebol.

Além de atualmente estar envolvido com problemas na justiça e ter a prisão decretada pelo não pagamento de pensão alimentícia, o jogador também possui uma vasta lista de episódios polêmicos que movimentaram a vida do atleta fora dos gramados. O GloboEsporte.com enumerou estes episódios.

2002 – Dirigindo embriagado na Alemanha

No ano de 2002 o meio-campista teve a sua primeira confusão com a Polícia. Longe das terras natais, Marcelinho foi detido ao dirigir embriagado e em alta velocidade em Berlim, na Alemanha. O jogador estava iniciando a sua primeira passagem por um time estrangeiro quando vestiu pela primeira vez a camisa do Hertha Berlim.

Foto: Ramon Smith / Treze

2004 – Briga em casa de show

Na sua cidade natal, Campina Grande, na Paraíba, o jogador protagonizou outro caso ainda mais grave. Em 2004, o jogador esteve presente em uma festa em casa de show da cidade. Durante a festividade, o jogador teria se insinuado para a namorada da vítima, que por sua vez, reclamou com Marcelinho e acabou sendo agredido fisicamente. O caso se arrastou até o ano de 2010 quando o atleta foi condenado a seis meses de prisão em regime aberto na Casa de Detenção do Monte Santo. A penalidade, porém, foi revertida e Marcelinho não precisou cumprir a pena.

2008 – Confusão em discoteca e multa

Já em 2008, ainda na Alemanha, o meia se envolveu em uma outra confusão durante festa em discoteca. Na ocasião, segundo testemunhas, o jogador teria quebrado uma garrafa de bebida no rosto de um homem. Apesar de a vítima ter denunciado Marcelinho, o caso não foi para vias legais. O jogador foi apenas multado pela Wolfsburg por conta da conduta.

2011 – Prisão após ter tentado beijar mulher

O caso mais grave ocorreu em 2011 quando o jogador foi preso em flagrante por estupro na cidade de Campina Grande quando atuava pelo Sport. O meia e dois amigos foram autuados em flagrante pela tentativa de estupro contra uma mulher de 31 anos durante uma festa na granja do jogador, em José Pinheiro, bairro da cidade. Segundo o advogado, Afonso Vilar – que ainda defende o jogador – Marcelinho teria, de fato, tentado beijar a mulher, mas não houve tentativa de estupro. O jogador foi levado para o Presídio Complexo do Serrotão, na cidade.

2012 – Pego no bafômetro e carteira de motorista apreendida

A combinação entre bebida alcoólica e a direção é, inclusive, uma constante na vida do atleta. Com a camisa do Sport ano de 2012, Marcelinho teve a carteira de habilitação apreendida pela Polícia ao recusar-se em realizar o teste do bafômetro quando foi flagrado por blitz no Recife.

2013 – Mais um caso de trânsito no interior mineiro

Já em 2013, Marcelinho atuava pelo Boa Esporte quando foi detido suspeito de dirigir embriagado. Na ocasião, a Polícia Militar da cidade de Varginha, Minas Gerais, relatou que a atitude do jogador quase ocasionou um acidente de trânsito e ainda relatou a ausência da carteira de motorista.

(Foto: Bruno Rafael / CBN Campina)

2017 – Meia vira cartola e irrita Portuguesa

Marcelinho Paraíba foi também notícia ao apresentar-se ao presidente da Portuguesa, Alexandre Barros, como empresário do jogador Dedé, volante da Lusa. O caso ocorreu em 2011, quando Marcelinho se apresentou ao mandatário do clube para discutir a renovação do contrato do jogador, que acabou não sendo renovado, mas causou polêmica dentro do clube. Isto porque a atitude do meia não foi bem vista pelos dirigentes do time paulista que justificaram a bronca pelo uso da influência do jogador para assumir o cargo de empresário de outros jogadores do time.

2018 – Briga jurídica com a Lusa atrasa apresentação

Em 2018, o jogador protagonizou novamente debates acalorados. Anunciado pelo Treze para temporada do ano, o jogador demorou para ser regularizado para atuar pela equipe paraibana. Marcelinho justificou a demora para estrear com a camisa alvinegra alegando que a Portuguesa quitou as dívidas com cheques sem fundo. Após conversas entre as partes, a situação foi resolvida.

2018 – AVC poderia ter interrompido carreira

Meses depois, Marcelinho estampou os noticiários com o caso do acidente vascular cerebral (AVC) que sofreu. O AVC poderia ter afastado de vez o jogador dos gramados, mas o trezeano conseguiu se recuperar sem sequelas.

2018 – Prisão decretada por atraso no pagamento de pensão

O ano de 2018 realmente não está sendo fácil para Marcelinho. Após o AVC, o jogador até vinha numa boa sequência de jogos pelo Treze. Mas há duas semanas o juiz da vara civil da cidade de Campina Grande decretou a sua prisão pelo não pagamento de pensão alimentícia. Com mandado de prisão expedido, o jogador ficou desaparecido. Só retornou nesta semana, depois de pagar parte dos atrasados. Em entrevista no PV, disse que saiu de Campina Grande por temer a prisão. Por conta dos dias parados, não foi relacionado para a partida deste domingo contra a URT.

Fonte: Globo Esporte PB - https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/noticia/apenas-mais-um-marcelinho-paraiba-acumula-polemicas-fora-de-campo.ghtml

ÁGUA

VÍDEO: Prefeito de Santa Helena inaugura barragem na comunidade São Bento e açude já acumula água

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

Ele vem aí! Sousa Esporte Clube apresenta novo time e garante lutar com raça pelo título do Paraibano

DESTAQUE INTERNACIONAL

VÍDEO: Em Cajazeiras, palestrante filho de paraibanos fala das suas experiências no Brasil e no exterior

"AQUI NESSA MESA DE BAR"

VÍDEO: Homenagem a garçons de Cajazeiras no programa Xeque-Mate tem música, drinks e boas histórias