header top bar

section content

Na despedida, Tunísia vence o Panamá e quebra jejum de 40 anos na Copa

Tunisianos viram o jogo no segundo tempo e encerram seca de vitórias em Mundiais que durava desde 1978

Por GE

29/06/2018 às 07h55 • atualizado em 29/06/2018 às 07h58

Khazri comemora o gol da virada da Tunísia (Foto: Murad Sezer / Reuters)

Depois de 40 anos, a Tunísia voltou a vencer uma partida de Copa do Mundo. Em um jogo de muita vontade e de pouca qualidade técnica, os tunisianos bateram o Panamá por 2 a 1, de virada, nesta quinta-feira, em Saransk, na despedida das duas seleções no Grupo G do Mundial na Rússia. Meriah, contra após chute de José Rodríguez, colocou os panamenhos em vantagem no primeiro tempo. Ben Youssef e Khazri fizeram para os africanos na etapa final.

Essa foi apenas a segunda vitória da Tunísia na história das Copas. A primeira havia sido em 1978, na Argentina, por 3 a 1 sobre o México. Nas três Copas posteriores (1998, 2002 e 2006), a seleção conseguiu apenas um ponto em cada edição.

Com uma das torcidas mais animadas na Rússia, o Panamá encerrou a participação em sua primeira Copa do Mundo com a pior campanha. Apenas os panamenhos e os egípcios perderam as três partidas. Foram 11 gols sofridos e apenas dois a favor (um deles contra). No fim da partida, os jogadores se ajoelharam no gramado e rezaram.

Fonte: GE - https://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/jogo/28-06-2018/panama-tunisia.ghtml

Recomendado para você pelo google

ESPECIAL DE PÁSCOA

VÍDEO: TVDS exibe programa ‘Mensagem de Fé com Frei João Batista’ em especial de Semana Santa

FÉ E DEVOÇÃO

Sexta-feira Santa em Cajazeiras é marcada por várias celebrações religiosas e grande número de fiéis

SAÚDE

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre a obesidade e médica endocrinologista tira dúvidas sobre a doença; Veja!

SEMANA SANTA PARA OS EVANGÉLICOS

VÍDEO: Pastor fala sobre significado da Páscoa para os protestantes: “É o sacrifício e a libertação”