header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Novo ciclo: Tite renova com a seleção brasileira até a Copa do Mundo de 2022

Acerto foi sacramentado nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, e mantém também trabalho de Edu Gaspar. Primeiro desafio do novo ciclo será amistoso contra os Estados Unidos

Por GE

26/07/2018 às 08h47

Tite e Edu se abraçam na Granja Comary: dupla segue à frente do comando da Seleção (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

Tite e a CBF formalizaram acordo para que o técnico permaneça por mais quatro anos e meio no comando da seleção brasileira. O prazo vai até o fim da Copa do Mundo do Catar, que será disputada entre novembro e dezembro de 2022. Edu Gaspar também teve seu vínculo renovado pelo mesmo período e segue como coordenador de seleções.

– Entendo que a CBF nos deu as condições para construir um ambiente de união e de profissionalismo extremo e assim continuaremos. É um grande desafio e estamos felizes em enfrentá-lo, já com o foco voltado aos próximos jogos e competições – disse Tite, que soma 26 partidas à frente da seleção brasileira, sendo 20 vitórias, 4 empates e 2 derrotas.

A intenção da CBF de renovar com Tite foi manifestada pela primeira vez antes da Copa da Rússia, quando o treinador se recusou a negociar e pensar em qualquer outra coisa além da preparação da equipe para o torneio. O diretor-executivo Rogério Caboclo reiterou o convite logo depois da eliminação para a Bélgica, nas quartas de final, ainda em Kazan.

– A CBF está investindo em um projeto de longo prazo ao garantir à comissão técnica seis anos e meio à frente da Seleção. Acreditamos que planejamento cuidadoso e execução criteriosa conduzirão o futebol brasileiro aos resultados que esperamos – disse Rogério Caboclo.

Já no Brasil, Tite teve 10 dias de descanso, reflexões e conversas com a família. No Rio de Janeiro, encontrou-se com dirigentes, entre eles o coordenador Edu Gaspar, para acertar a continuidade no cargo. Primeiro, teve reuniões sobre conceitos, uma parte mais técnica a ser aplicada nos próximos anos. A prioridade inicial é a Copa América, que será disputada no Brasil, em 2019.

– A equipe teve as condições necessárias para uma preparação de primeira linha em todos os momentos. A CBF não poupou esforços em nos atender e isso criou um ambiente de apoio e de respeito que nos dá tranquilidade para a continuidade do trabalho – explicou Edu Gaspar.

Em seguida, o empresário do técnico, Gilmar Veloz, assumiu as rédeas da elaboração dos contratos.

O primeiro desafio de Tite nesse novo ciclo será no dia 7 de setembro, contra os Estados Unidos, em Nova Jersey. A CBF ainda não confirmou, mas outro amistoso deverá ser realizado no dia 11, diante da seleção de El Salvador, em Washington.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/selecao-brasileira/noticia/tite-renova-com-a-selecao-brasileira-ate-a-copa-do-mundo-de-2022.ghtml

HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir