header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Presidente do Santos diz que jogador, flagrado no doping por uso de cocaína, não quer fazer tratamento

José Carlos Peres afirma que o Peixe cortou os salários do atacante e completa: "Estamos sem contato. Ele não está aceitando esta forma de approaching (aproximação) da gente"

Por GE

14/08/2018 às 08h42

Diogo Vitor em ação pelo Santos (Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC)

O presidente do Santos, José Carlos Peres, falou sobre a situação do atacante Diogo Vitor, suspenso há três meses e meio após ter sido flagrado em exame antidoping por conta de uma substância presente na cocaína.

Na última semana, o “Uol” publicou que Diogo Vitor havia abandonado os tratamentos estipulados pelo clube e estaria sumido. Peres, em entrevista ao GloboEsporte.com, afirma que sabe onde o atleta está, mas admite que o atleta não vem seguindo o cronograma idealizado pelo Peixe para sua pronta recuperação.

– Queríamos que ele fizesse um tratamento, mas ele não quer. Você não pode obrigar o cara a se tratar. Estou chamando para ele vir conversar, mas estamos sem contato. Ele não está aceitando esta forma de approaching (aproximação) da gente. Temos de mudar, mandar uma psicóloga atras dele – disse José Carlos Peres.
Ainda assim, o presidente do Santos garante que não pensa em rescindir o vínculo do atacante com o Peixe. A intenção do clube é recuperar e dar apoio ao atleta.

– Quando é punido, não pode entrar no clube. Chamamos para conversar e fazer o tratamento. O Casagrande teve uma bela conversa com ele. Me deram o endereço dele, sei onde ele está. Cortamos os vencimentos, isso está previsto em contrato. O contrato é nosso. Vamos recuperar o baita jogador que ele é. Quando alguém tem problema com droga, não podemos julgar o cara. Quando um filho tem este problema, você aproxima e acolhe. Queremos fazer o papel de pai para ele se tornar um ótimo jogador – emendou o presidente santista.

Diogo Vitor está suspenso desde o dia 26 de abril. O exame que flagrou a substância presente na cocaína no atleta foi realizado pela Federação Paulista de Futebol no dia 21 de março, após o jogo do Santos contra o Botafogo-SP, pelas quartas de final do Paulistão.

O atacante entrou em campo aos 22 minutos do segundo tempo na Vila Belmiro, no lugar de Jean Mota. A decisão de vaga foi aos pênaltis, e Diogo Vitor foi um dos batedores. O atacante acertou a cobrança.

O GloboEsporte.com tentou contatar o atleta e seu representante, mas até o momento da publicação desta matéria não obteve resposta.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/sp/santos-e-regiao/futebol/times/santos/noticia/presidente-do-santos-diz-que-diogo-vitor-flagrado-no-doping-por-uso-de-cocaina-nao-quer-fazer-tratamento.ghtml

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade

MÚSICA AO VIVO

VÍDEO: Sucesso no Nordeste, cantor interpreta grandes bandas nacionais e internacionais no Xeque-Mate