header top bar

section content

Inter vê briga acirrada por Brasileirão “dos mais difíceis” e cita Palmeiras como principal rival

Colorado é vice-líder do Nacional com os mesmos 53 pontos do Verdão, que está à frente pelo saldo de gols

Por GE

02/10/2018 às 08h39

Palmeiras é visto como principal rival do Inter na briga pelo título (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)

Após a derrota por 2 a 1 para a Chapecoense e o empate em 1 a 1 com o Corinthians, o Inter abriu os olhos para evitar uma oscilação mais severa no Brasileirão. A equipe perdeu a liderança da competição, mas contornou a queda ao bater o Vitória por 2 a 1 no último domingo, no Beira-Rio.

O triunfo reimpulsiona o Colorado ao topo da tabela, com a pontuação de líder almejada para se manter na briga pelo título até o final de um Campeonato Brasileiro dos “mais difíceis dos últimos anos”.

Do técnico Odair Hellmann aos jogadores e dirigentes, a análise colorada é de que o nível de competição entre os rivais da ponta de cima da tabela manterá a disputa pela taça aberta e acirrada até a reta final do Nacional – com o atual líder Palmeiras como principal concorrente. Leva-se em conta as diferenças apertadas de pontuação entre os cinco primeiros colocados e a alternância no topo da tabela.

Atualmente, apenas quatro pontos separam o Verdão (53) do atual quinto colocado, o Flamengo (49). O Inter tem os mesmos 53 do líder, mas fica em segundo devido à diferença no saldo de gols (23 a 18), vantajosa aos paulistas. As duas equipes têm apenas um ponto de vantagem ao São Paulo, terceiro colocado com 52, e três do Grêmio, que figura em quarto com 50. Em sexto, o Atlético-MG já desgarra um pouco do pelotão de frente, com 45.

As oscilações de “reinados” no topo também servem de motivo para fazer da edição de 2018 uma das mais disputadas do Brasileirão de pontos corridos. O Flamengo foi o primeiro a enfileirar uma longa sequência, com 10 rodadas seguidas no topo (entre a 7ª e a 16ª). Depois, o São Paulo emplacou seis partidas na dianteira (da 17ª à 22ª). A partir daí, Inter (23ª e 24ª), São Paulo (25ª e 26ª) e Palmeiras (27ª) se alternaram no primeiro lugar.

– O Campeoanto é dos mais difíceis e disputados dos últimos anos. E acho que vai continuar assim até as últimas rodadas. Valoriza o trabalho de todos os profissionais. Tenho uma comissão competente, uma direção, um grupo de jogadores. Sabemos o que fez com que a gente chegasse aqui. Precisamos continuar assim, muito fortes e concentrados para seguir brigando na parte de cima até o final – analisa Odair Hellmann.

A expectativa colorada é de ver ao menos quatro equipes na briga pelo título até as últimas rodadas, mas o Palmeiras desponta como rival mais forte para ameaçar o sonho do tetra do Nacional. Ainda antes do triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória, o presidente Marcelo Medeiros admitira que o Verdão é o adversário que mais atrai as atenções do clube.

– Precisamos estar juntos dos líderes. Está todo mundo muito embolado, mas o Palmeiras é um time que temos que estar atentos, principalmente pela qualidade de seu grupo – disse o presidente, à beira do gramado do Beira-Rio.

O mandatário cita o poderio do elenco comandado por Felipão. Mas há outros motivos que fazem o Colorado olhar para o Verdão como principal concorrente. Os gaúchos costumam dizer que o segundo turno é mais difícil. O momento vivido pelo Palmeiras, assim, surge como diferencial. A equipe lidera esta parte do campeonato com 83,3% de aproveitamento. Somou 20 dos 24 pontos em disputa até o momento, mesmo com foco dividido com a disputa da Libertadores.

Internamente, a tabela também é vista como trunfo do Palmeiras – ao menos em parte. Assim como o Inter, os paulistas farão seis dos últimos 11 jogos em casa. As últimas quatro rodadas – Paraná (fora), América-MG (casa), Vasco (fora) e Vitória (casa) – são as que mais chamam atenção.

Neste percurso, porém, o Palmeiras vê “pedreiras” pela frente, em especial nos confrontos diretos. O Verdão enfrenta São Paulo (fora) e Grêmio (casa) em sequência, além de um duelo com o Flamengo, em sua arena.

O “entredevoramento” citado pelo vice de futebol Roberto Melo, aliás, surge como fator positivo para o Inter, que tem apenas mais um confronto direto pela frente, com o São Paulo, no Beira-Rio. O Tricolor paulista, por sua vez, enfrentará Grêmio e Flamengo, que também duelam na reta final da competição.

O Inter ocupa a vice-liderança do Brasileirão com os mesmos 53 pontos do Palmeiras, líder graças ao saldo de gols – 23 a 18. O Colorado volta a campo na próxima sexta-feira, às 19h, quando enfrenta o Sport na Ilha do Retiro pela 28ª rodada da competição.

Fonte: GE - https://globoesporte.globo.com/rs/futebol/times/internacional/noticia/inter-ve-briga-acirrada-por-brasileirao-dos-mais-dificeis-e-cita-palmeiras-como-principal-rival.ghtml

ASSISTA!

Imagens de câmeras de segurança mostram assalto a comerciante em frente a banco na cidade de Patos

LAMENTÁVEL

Por causa de dívida de drogas do filho, Sertaneja é morta a tiros dentro de casa no Distrito Federal

VÍDEO

Músico dá show no Acústico Diário e anuncia novo CD de trabalho; ele contou sobre o início da carreira

57 ANOS

VÍDEO: Prefeito prepara obras para serem entregues no dia da cidade em Santa Helena e convida população