header top bar

section content

VÍDEO: Academia de Cajazeiras vira referência em artes marciais e se destaca em competições pelo Brasil

Fundada pelo faixa-preta em jiu-jítsu Bolivar Júnior, a Manimal Family conta com um grande número de alunos que se interessam por defesa pessoal ou competições

Por Jocivan Pinheiro

28/01/2019 às 14h12 • atualizado em 28/01/2019 às 14h15

O jiu-jítsu é uma arte marcial difundida por todo o mundo e hoje em dia é quase unanimidade entre os lutadores de MMA (Mixed Martial Arts: Artes Marciais Mistas, em português). Mas foi no Brasil que ela se desenvolveu e se tornou referência. Por isso sua prática está ganhando cada vez mais adeptos. E em Cajazeiras, no Alto Sertão paraibano, não é diferente. Prova disso é a consolidação da academia Manimal Family, o maior centro de treinamento de artes marciais da região.

Localizada na rua Sérgio M. Figueiredo, loteamento Casas Populares, Zona Norte da cidade, a Manimal Family tem esse nome porque faz parte do grupo de academias que homenageiam o mestre brasileiro Carlson Gracie (12 de agosto de 1933 – 1º de fevereiro de 2006), filho do introdutor da arte marcial no Brasil, Carlos Gracie, e um dos maiores lutadores de jiu-jítsu da história.

Fundada e dirigida pelo mestre faixa-preta Bolivar Júnior, a Manimal Family já conta com um grande número de alunos que se interessam pelo jiu-jítsu e outras artes marciais para defesa pessoal ou participar de competições.

“A organização da academia parte do princípio de muita força de vontade. Agradeço muito a Deus e aos amigos também. Eles têm uma parcela fundamental, sempre nos dando força, ou com uma parcela de ajuda nos unindo cada vez mais, fazendo que aqui vire uma família, crescendo e evoluindo a cada dia”, ressalta o mestre.

VEJA MAISBruno Blindado nocauteia adversário invicto e conquista título do M1-Global na Rússia

Manimal Family tem o jiu-jítsu da família Gracie como modelo

Com incentivo financeiro de amigos empresários, atualmente a academia goza de certo protagonismo no Sertão do estado. Mas, segundo Bolivar Júnior, o empreendimento começou praticamente do zero, tendo à frente muitos obstáculos a serem superados.

“Nem sempre foi dessa forma. A gente sempre teve muita dificuldade. Não tinha tatame para treinar, não tinha locais. Hoje, graças a Deus, a gente consegue contar com esse espaço, com muito material humano e cada vez mais a gente está crescendo e seguindo nessa batalha”.

Mestre Bolivar Júnior (de preto) conta com ajuda da iniciativa privada para manter a academia

Campeões

A Manimal Family já começa a se tornar um celeiro de grandes atletas. Basta observar os troféus conquistados em competições na Paraíba e em outros estados, a exemplo do Campeonato Paraibano de 2014. Além disso, a academia também realiza competições em Cajazeiras com participações de atletas de fora.

“A gente consegue fazer alguns eventos de MMA na cidade, divulgando, fazendo nosso trabalho, um trabalho sério que vem sendo feito ao longo do tempo e trazendo grandes nomes do MMA paraibano e brasileiro para fazer lutas aqui em Cajazeiras, boas lutas ao público”, ressalta Bolivar.

Referência

Além, claro, de Carlson Gracie, os atletas da Manimal Family se inspiram no maior nome das artes marciais do Sertão paraibano, o lutador de MMA cajazeirense Bruno Blindado, campeão do torneio M1-Global na Rússia em 2018.

“Tem alguns nomes que ainda vão surgir após ele. Mas ele hoje é o cara que nos dá força, que é exemplo pra gente como atleta, um cara que saiu daqui com todas as dificuldades que teve e está colhendo tanta coisa boa. Passa muita energia pra gente e é uma referência pra gente continuar cada vez mais nesse trabalho que está sendo feito”, falou Bolivar.

DIÁRIO ESPORTIVO

Recomendado para você pelo google

DIRETO AO PONTO

Radialista sousense fala de política e manda recado à eleitores: “Esqueçam a paixão, valorizem o voto”

FEIRA DE EMPREENDIMENTOS

VÍDEO: Prefeitura de Itaporanga suspende parceria, mas gerente do Sebrae garante realizar a Inovale 2019

CASO DE POLÍCIA

VÍDEO! Mulher invade igreja pela 2ª vez em menos de 24 horas em Sousa: “Ela sofre Bullyng”, diz irmão.

PREOCUPADO

VÍDEO: Padre pede paz e respeito ao próximo após fim de semana de tragédias em Cajazeiras e região