header top bar

section content

Atletismo: Torneio virtual reúne elite paralímpica do Brasil

Mais de 40 corredores participarão da prova

Por Agência Brasil

29/05/2020 às 18h23

29/09/2018 - Centro Paralímpico Brasileiro, São Paulo, SP - Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Atletismo - Vanessa Cristina. Foto: Daniel Zappe/CPB/MPIX.

Um exemplo de união e superação no período de isolamento social forçado pela pandemia do novo coronavírus (covid-19) vem de Santos (SP). No próximo domingo (31), a partir das 11 horas, mais de 40 corredores brasileiros e de outros nove países participam do 1º Troféu Virtual FW Correndo Sobre Rodas, realizado para comemorar os 15 anos da equipe Fast Wheels, uma das mais vitoriosas do paradesporto nacional. As categorias serão elite (cadeiras de corrida), Handbike (bicicleta de mão) e cadeira de rodas de atividade da vida diária (AVD). Totalmente virtual, a competição será disputada pela plataforma de videoconferência Zoom com transmissão pelo perfil do Facebook da própria Fast Wheels.

Segundos os organizadores, com os atletas em locais diferentes, as cadeiras serão colocadas em esteiras adaptadas, nas quais as rodas giram sobre um rolo simulando a rodagem no solo. O evento será participativo, ou seja, sem a definição de campeões, pois não é possível aferir os sensores e rolos. A distância percorrida será de 10 km.

As duas melhores paratletas brasileiras da modalidade estão garantidas. Uma delas é a santista Vanessa Cristina, recordista brasileira na maratona (com a marca de 1h39min46s, obtida em fevereiro em Sevilha, Espanha). “A Fast Wheels é minha equipe. E fazer parte dessa história é algo especial. Estou fazendo o trabalho físico em casa. E, quando fiquei sabendo dessa prova, não perdi tempo. Já corri outras provas virtuais nesse período. A experiência é boa”, declarou a atleta da classe T54, para cadeirantes. A outra é a catarinense Aline Rocha, também da classe T54.

“Estamos conseguindo fazer um excelente trabalho nessa pandemia. Mesmo estando dentro de casa estamos bem organizados. Essa prova vai ser boa para termos um parâmetro daquilo que estamos fazendo”, comentou a atleta, que esteve nos Jogos Rio 2016 em três provas.

Outro destaque brasileiro é Ariosvaldo Silva, conhecido como Parré. “Faço o trabalho de pista no CIEF [Centro Integrado de Educação Física] em Brasília. E, como lá é uma escola, está tudo fechado. Venho tentando fazer alguma coisa de esteira em casa. E um pouco de academia aqui em Planaltina [DF], onde moro. Mas está difícil. Sempre que tem alguma chance de estar se movimentando, temos que aproveitar”, disse o tetracampeão parapan-americano da classe T53.

Entre os estrangeiros, o destaque é o americano Daniel Romanchuk, campeão e recordista mundial nas prova dos 5 mil metros em pista, além de vencedor das Maratonas de Boston, Nova York , Chicago e Londres.

INSUFICIÊNCIA RENAL

VÍDEO: médico revela que 30% dos pacientes que tiveram a COVID-19 precisarão passar por hemodiálise

CONFIRA OS NÚMEROS

VÍDEO: Pelo 2º dia consecutivo, Cajazeiras tem mais casos recuperados de Covid-19 do que confirmados

MANTENDO EM DIA

VÍDEO: Prefeito de São José de Piranhas anuncia data de pagamento de toda a folha salarial de julho

POSSIBILIDADES DA ÁGUA

VÍDEO: Padre diz que transposição só será aproveitada se Bolsonaro desbloquear recursos para a ciência

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!