header top bar

section content

VÍDEO: Professor explica motivos da Guerra da Ucrânia e diz que Putin está revidando ataques adversários

"O Putin já vinha ameaçando esse revide desde 2008 com o assassinato das pessoas das repúblicas pró Rússia", disse o comentarista político

Por Luiz Adriano

19/03/2022 às 10h36 • atualizado em 19/03/2022 às 11h04

O professor e militante político Nonato Saraiva esteve no programa Balanço Diário da TV Diário do Sertão e falou sobre a Guerra entre Rússia e Ucrânia. Ele explicou historicamente os motivos reais que têm resultado nos bombardeios. Para Nonato, a história mostra que o presidente da Ucrânia não é inocente como tem se mostrado na mídia mundial.

“Esse cara instituiu uma guarda nacional totalmente nazista… ele instituiu a milícia nazista na guarda nacional…”, disse o comentarista que acrescentou que tanto o ex-presidente Poroshenko quanto o atual Volodymyr Zelensky, bombardearam repúblicas pró Rússia. Segundo Nonato, de 2008 para cá já morreram mais de 13 mil civis.

VEJA TAMBÉM

Kremlin diz que negociações com Ucrânia continuam

À esquerda, presidente da Ucrânia Volodymyr Zelensky e à direita, o presidente da Rússia Vladimir Putin. (Foto: reprodução/internet).

“Isso a mídia não mostrou, sabe por quê? Porque a gente não tem TV russa, a gente não tem filme russo, a gente não tem tênis russo, a gente não tem camiseta russa, a gente não sabe nada da Rússia, tem um bloqueio exatamente para que quando chegar em um momento desse ele tenha a mídia a seu favor. Ele fez um trabalho de morticídio violento que matou 13 mil de 2008 para cá”, destacou Nonato.

O professor disse que “a Ucrânia é uma célula fortíssima do nazismo europeu”. Ele explicou que em 2014 foi o auge dos ataques ucranianos quando a sede do movimento sindical de Odessa, no sul da Ucrânia, sofreu um ataque, onde os militantes neonazistas com a ajuda da força nacional do atual presidente ucraniano, incineraram 42 pessoas dentro do prédio. “Queimaram vivas as quarenta e duas pessoas”, disse Nonato. Ele falou que, os que tetaram fugir foram mortos a pauladas.

Nonato disse que a ação do presidente russo nada mais é do que uma resposta às atitudes da Ucrânia.

“O Putin já vinha ameaçando esse revide desde 2008 com o assassinato das pessoas das repúblicas pró Rússia”, pontuou.

Para saber com mais detalhes, assista ao vídeo no topo do texto.

PORTAL DIÁRIO

CRITICOU

VÍDEO: Profª do RJ destaca falta de investimento na educação no Brasil e ressalta a importância do voto

NOVO DESAFIO

VÍDEO: Jornalista Heron Cid anuncia que vai se afastar das atividades para disputar as Eleições 2022

DRACO

VÍDEO: Mulher é presa em Pombal por tráfico de drogas e comercialização de armas a mando do companheiro

A CASA CAIU

VÍDEO: Foragido da Justiça de São Paulo com pena de 8 anos de prisão, é preso na cidade de Pombal

Recomendado pelo Google: