header top bar

section content

Vital parabeniza os trabalhadores bancários pelo seu dia

Parlamentares lamentam aumento de 196,9% em assaltos a bancos em 2013 na Paraíba

Por

28/08/2013 às 14h23

Na manhã desta quarta-feira (28), o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) parabenizou ao lado da deputada federal peemedebista Nilda Gondim (PMDB-PB) os trabalhadores bancários da Paraíba pelo seu dia, como reafirmaram suas bandeiras de luta em prol de programas de enfrentamento a criminalidade na Paraíba que precisam de investimentos urgentes.

Para Vital e Nilda essa data é marcada pelas conquistas trabalhistas hoje incorporadas a sua vida laboral dos membros desta categoria. É o caso da jornada de 6 horas, do fim do trabalho aos sábados, da convenção coletiva nacional, do tíquete-refeição, do tíquete-alimentação, da participação nos lucros e resultados, além de outros direitos duramente conquistados.

Apesar dessas conquistas Vital e Nilda lamentam a explosão da criminalidade contra as agências bancárias no Estado. Eles citam que a explosão de um Posto de Atendimento Bancários (PAB) na Empasa em Campina Grande, foi a oitava investida criminosa contra bancos na Paraíba em agosto. No ano já foram contabilizadas 95 ocorrências, sendo: 35 explosões (15 no Banco do Brasil, 2 na Caixa, 17 no Bradesco e 1 no Santander), 28 arrombamentos (9 no Banco do Brasil, 8 no Bradesco, 8 no Santander , 1 no Itaú, 1 no HSBC e 1 na Caixa), 13 assaltos (6 no Bradesco, 4 no Banco do Brasil, 1 no Santander, 1 na Caixa e 1 no Itaú), 11 tentativas de assalto/arrombamento/explosão (4 no Banco do Brasil, 5 no Bradesco e 2 no Santander) e 8 saidinhas de banco (2 no Bradesco, 2 na Caixa, 4 no Santander).

Os dados são da 5ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos, elaborada pela Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV) e Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), com apoio técnico do Dieese, a partir de notícias da imprensa, estatísticas de Secretarias de Segurança Pública (SSP) e informações de sindicatos e federações de vigilantes e bancários.

A Paraíba está na frente, em assaltos, de estados como Rio Grande do Sul (92), Maranhão (90), Goiás (68), Pernambuco (58), Ceará (56), Santa Catarina (48), Rio Grande do Norte (39), Rio de Janeiro (36), Piauí (25), Alagoas (25), Sergipe (19), Mato Grosso (17), Tocantins (16), Mato Grosso do Sul (13), Amazonas (12), Espírito Santo (10), Distrito Federal (9), Pará (6), Rondônia (6), Acre (3),Roraima (1) e Amapá (1).

Nilda indaga que se não houver um plano de ação claro por parte da Secretaria de Segurança Pública da Paraíba, tais acontecimentos vistos nas cidades interioranas da Paraíba que passaram a ser matéria constante nos programas jornalísticos e nos jornais impressos do nosso cotidiano, só tendem a aumentar. Atentados aos caixas eletrônicos executados por bandidos de alta periculosidade e, também, com alto nível de sofisticação da prática criminosa passaram a ser corriqueiros. “Dados como esses citados acima nos envergonham, nos preocupam e nos deixam profundamente indispostos”, disse.

Visando combater essa prática a nível nacional o senador Vital do Rêgo já implementou projeto de lei no Senado Federal cobrando do Banco Central (BC) formas que invalide o dinheiro roubado nesses assaltos. “Uma forma de combatemos essa prática criminosa de assaltos a bancos que já é realizada em outros estados da federação e anular o maior benefício desses delinquentes, que é justamente o dinheiro levado. Meu projeto visa cortar essa fonte de recursos anulando as cédulas”, destacou Vital.

Assessoria

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras