header top bar

section content

Fantástico realiza investigação e constata que na PB existem 90 ambulâncias novas do SAMU paradas

Esta triste estatística é fruto de uma grande reportagem realizada pelo programa da rede globo “Fantástico”, que percorreu várias cidades.

Por

26/09/2011 às 19h46

O programa da rede globo “Fantástico” realizou uma investigação em sete Estados do país, sobre os problemas em unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Dentre os Estados investigados constatou-se, que a Paraíba foi um dos Estados que mais recebeu ambulâncias, pois somente no ano passado foi recebido 160 novos transportes, no entanto, 90 ainda estão parados.

Na investigação, foi constatado também uma realidade absurda, pois em alguns lugares existem ambulâncias que estão funcionando de forma bastante precária, e em outros ambulâncias novinhas estão paradas.

Ao saber dessa realidade o programa procurou secretários de saúde de vários municípios para saber as causas desse fato.

Na cidade de Juripiranga, a ambulância estava escondida em uma residência, já em Guarabira, se encontram são três unidades paradas, inclusive uma UTI móvel.

A Secretária de Saúde de João pessoa, Roseana Meira,afirmou que ” Não se estrutura uma rede do dia pra a noite. Você leva um tempo, tanto para construção, para ter equipe”, disse.

Em Sapé foram encontradas duas ambulâncias paradas há cerca de um ano no estacionamento de um hospital. Logo, a equipe de reportagem do “Fantástico” procurou o secretário de Saúde do município de Sapé, Garibaldi Pessoa, este afirmou que o município está fazendo sua parte.

Para o coordenador do Samu, Cláudio Teixeira Régis, é estranho que a distribuição das ambulâncias tenha sido feita antes dos municípios terem a estrutura adequada para recebê-las. Ele responsabilizou a gestão estadual anterior.

O atual secretário de Saúde do Estado, Waldson Dias de Souza, também culpou o governo anterior, enfatizando que se a distribuição desses transportes, fosse por uma escolha técnica, alguns municípios não receberiam ambulância, devido não existir uma disponibilização de estrutura para receber os transportes.

Com relação às 90 ambulâncias paradas, segundo o secretário, é necessário colocar em funcionamento todas as bases e redefinir os critérios das cidades que não têm estrutura para receber uma equipe do SAMU.

Em nome do ex-governador José Maranhão falaram dois ex-secretários. Segundo eles, a distribuição das ambulâncias não foi política, pelo contrário, seguiu critérios do Ministério da Saúde.

Veja vídeo do G1 paraíba:

DIÁRIO DO SERTÃO com G1 Paraíba
 

Tags:

Recomendado para você pelo google

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC

REFORMA AGRÁRIA

VÍDEO: Coordenadora da CPT Sertão afirma que terras são um direito dos camponeses e não do agronegócio