header top bar

section content

Grupo CAOA, revendedores Hyundai é condenado por prática de concorrência desleal

Justiça proíbe grupo de comercializar veículos da marca Hyundai em João Pessoa.

Por

29/05/2011 às 12h18

O grupo empresarial CAOA, de propriedade do paraibano Carlos Alberto de Oliveira Andrade, foi condenado pela Justiça do Estado por prática de concorrência desleal e abuso de poder, numa ação de Obrigação da Fazer, com pedido de tutela inibitória, ajuizada pelo grupo empresarial Daisan, Comércio de Veículos Ltda., alvo de prejuízos irreparáveis causados pela prática de preços diferenciados por parte do grupo CAOA.

A conduta adotada pela demandada (CAOA), ao praticar preços diferenciados tem o nítido caráter de concorrência desleal, à medida que fornece, comprovadamente, veículos da mesma marca e modelo, com preços diferenciados e muito menor para suas concessionárias e em valor superior à autora.

Segundo o magistrado Josivaldo Felix de Oliveira, titular da segunda Vara Cível o grupo CAOA foi proibido de vender veículos Hyundai em João Pessoa, além disso, terá de cumprir os termos do contrato e conceder à Daisan o direito de adquirir em igualdade de condições de preços, veículos e peças às mesmas praticadas pela montadora em relação à sua própria rede de concessionárias demandada.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações do Jornal Contraponto.

Tags:

Recomendado para você pelo google

LIBERA OU NÃO?

VÍDEO: Atlético de Cajazeiras aguarda laudo dos bombeiros e liberação do estádio para o Paraibano 2020

CULTURA

VÍDEO: memorialista que tem 84 exposições de Luiz Gonzaga fala da história do “Rei do Baião”

CADÊ A LUZ?

VÍDEO: morador denuncia escuridão em rua de Cajazeiras e secretário da prefeitura diz que vai resolver

NOVAS OBRAS

VÍDEO: Governador diz que pretende iniciar em 2021 a construção de importante estrada no Vale do Piancó