header top bar

section content

PRF recolheu quase 1.5 mil animais nas rodovias da Paraíba

Neste ano de 2018 já foram registradas cinco ocorrências de acidentes com animais na pista.

Por Luzia de Sousa

11/01/2018 às 09h47 • atualizado em 11/01/2018 às 10h25

Animais em BR´s da Paraíba (Foto: PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante o ano de 2017 recolheu 1.433 animais que foram encontrados soltos, perambulando sobre a pista e nas margens das rodovias federais no estado da Paraíba.

Todos os animais apreendidos pela PRF são remanejados para um curral municipal conveniado, onde eles ficam sob guarda até o proprietário reavê-los e, se no momento da apreensão o dono do animal for identificado, este é encaminhado para Delegacia de Polícia e será responsabilizado pelo crime de “omissão de cautela na guarda ou condução de animais”.

Ainda durante o ano de 2017 a PRF registrou na Paraíba, 79 acidentes causados por animais na pista, com 62 vítimas, sendo: 15 com lesões graves, 40 com ferimentos leves e sete óbitos, que respectivamente representa 4,28% do total de acidentes, 3,26% de vítimas, (3,30% lesões graves, 3,06% lesões leves e 5% de mortos). A maioria dos acidentes ocorreram nas regiões do cariri e sertão, onde algumas rodovias passam por áreas da zona rural.

Neste ano de 2018 já foram registradas cinco ocorrências de acidentes com animais na pista e apenas uma pessoa sofreu ferimentos leves.

A PRF orienta aos usuários das rodovias que quando se depararem com algum animal na pista ou próximo dela, denuncie imediatamente a PRF através do telefone de emergência 191. A ligação é gratuita e atende 24 horas em qualquer parte do País.

PORTAL DIÁRIO com PRF

Tags:
YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco