header top bar

section content

Bradesco é o banco que mais registra explosões a caixas eletrônicos na PB; confira o Mapa da Violência!

Sindicato dos Bancários da Paraíba tem feito um acompanhamento dos ataques a agências em todo o estado e registrado os casos no “Mapa da Violência”

Por Redação Diário

19/02/2018 às 15h24

Agência do Bradesco

O Sindicato dos Bancários da Paraíba tem feito um acompanhamento dos ataques a agências do estado – sejam explosões a caixas eletrônicos, arrombamentos, assaltos, entre outras modalidades – e registrado os casos no “Mapa da Violência”, que pode ser consultado na página da entidade.

O balanço de 2018 mostra que, em apenas dois meses, já foram registrados 7 explosões, 5 arrombamentos e 1 assalto. Em 2017 foram 59 explosões, 15 arrombamentos, 2 assaltos e 5 tentativas.

Além dos números preocupantes, também chama atenção o fato de os bandidos terem um alvo preferido entre os bancos: o Bradesco.

VEJA TAMBÉM: Alarme de agência bancária em Sousa dispara após homem arrombar janela dos fundos e furtar objetos

Para se ter uma ideia, em 2017, das 59 explosões a caixas eletrônicos, 45 foram em agências do Bradesco, 13 no Banco do Brasil e apenas uma em Banco 24 Horas.

Em 2018 os índices seguem desfavoráveis ao Bradesco, que já soma 6 explosões das 7 registradas até agora. A outra foi na Caixa Econômica Federal.

No quesito arrombamento o Bradesco também lidera neste ano. O banco foi vítima de 3, enquanto que Santander e “Outros Bancos” somam um cada. Já em 2017 o banco que mais foi arrombado foi o Banco do Brasil (8 vezes dos 15 registrados).

Veja mais dados do Mapa da Violência

Mapa da Violência 2017

Mapa da Violência 2018

Preocupação do governador

A situação foi alvo de crítica do governador Ricardo Coutinho (PSB) durante seu pronunciamento na reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa da Paraíba. Segundo ele, os bancos ganham muito dinheiro, mas se negam a investir em segurança. Vale lembrar que em 2017 o Governo do Estado trocou o Banco do Brasil pelo Bradesco para fazer o pagamento da folha salarial dos servidores.

Deputada exige cumprimento de lei

A deputada Daniela Ribeiro (PP) apelou à Justiça para exigir que o Estado faça cumprirem a Lei Estadual nº 9.541, de autoria dela, que obriga os bancos a instalarem dispositivos que inutilizem as cédulas dos caixas eletrônicos violados por assaltantes.

A lei que foi sancionada pelo governador em 30 de novembro de 2011 prevê que as máquinas de autoatendimento dos bancos disponham, a partir daquela data, de qualquer sistema que inviabilize o aproveitamento do dinheiro que os ladrões tentem roubar desses estabelecimentos.

No dia 10 deste mês a deputado enviou ofício ao governador solicitando uma audiência para discutir assunto, mas ainda não foi atendida.

Sem retorno

Tentamos contato por telefone com o Bradesco, através da sua assessoria de comunicação na Paraíba, para falar sobre o assunto, mas até a postagem desta matéria nossas ligações não haviam sido atendidas. Deixamos, portanto, o espaço aberto para posterior posicionamento da empresa.

PORTAL DIÁRIO 

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras