header top bar

section content

MUNDO CÃO: Prefeito é assassinado logo após tomar posse

Alejandro Aparicio foi atingido por vários disparos pouco depois de tomar posse em Tlaxiaco; dois de seus assessores ficaram feridos. População deteve assassino e estava prestes a linchá-lo quando polícia chegou.

Por Portal Diário com G1

02/01/2019 às 09h34

Alejandro Aparicio: o prefeito do município mexicano de Tlaxiaco foi assassinado a tiros durante a posse (Foto: Facebook/Divulgação)

O prefeito do município mexicano de Tlaxiaco, Alejandro Aparicio, foi assassinado nesta terça-feira (1º) em um ataque armado depois de ter tomado posse do seu cargo, informou a Procuradoria-Geral do estado de Oaxaca.

“Condeno energicamente o ataque contra o prefeito municipal de Tlaxiaco”, afirmou na sua conta oficial do Twitter o governador de Oaxaca, Alejandro Murat.

A Procuradoria-Geral confirmou a detenção do provável responsável pelo homicídio de Aparicio, membro do Movimento Regeneração Nacional (Morena), força política do presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador, segundo o governador.

As primeiras investigações apontam que o prefeito foi atingido por vários disparos quando percorria as ruas de Tlaxiaco depois da posse e que no ataque ficaram feridos dois dos seus assessores.

Supostamente, as pessoas que acompanhavam o prefeito de Tlaxiaco prenderam o suposto assassino e estavam prestes a linchá-lo, mas os policiais intervieram para entregá-lo à procuradoria.

Fonte: Portal Diário com G1 - https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/01/01/prefeito-e-assassinado-logo-apos-tomar-posse-em-cidade-no-mexico.ghtml

DÍVIDAS ALTAS

EXCLUSIVO: Juiz se pronuncia sobre processo trabalhista que pode tirar Atlético do Campeonato Paraibano

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo traz resumo da 2ª rodada do Paraibano e detalhes da nova contratação do Atlético

COM CHICO CARDOSO

VÍDEO: ‘Briga’ entre Zé Aldemir e Airton, e Tyrone com os Gadelhas são os destaques do Direto ao Ponto

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Advogadas tiram dúvidas sobre Previdência Social e criticam atendimento no INSS de Cajazeiras