header top bar

section content

Site nacional revela como irão votar os deputados paraibanos na denúncia de corrupção passiva contra presidente Michel Temer

Para que a denúncia contra o presidente tenha seguimento no Supremo Tribunal Federal, a Câmara dos Deputados precisa autorizar.

Por Luzia de Sousa

12/07/2017 às 08h19 • atualizado em 12/07/2017 às 08h27

Site nacional divulga prévia de votação

Para que a denúncia contra o presidente tenha seguimento no Supremo Tribunal Federal, a Câmara dos Deputados precisa autorizar. Na Casa, o caso é submetido, primeiro, à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde um parecer – a favor ou contra a admissibilidade da denúncia – é elaborado e votado. Independentemente do resultado na CCJ, a denúncia segue para o plenário da Câmara. Na votação no plenário, é necessário o mínimo de 342 votos para que o Supremo Tribunal Federal (STF) possa julgar a acusação formal contra o presidente. O site nacional (https://342agora.org.br/) lançou uma campanha nacional, onde averigua aposição dos 12 deputados federais paraibanos sobre o tema.

Segundo o portal, que também lançou um vídeo com dezenas de artistas nacionais pedindo o apoio dos deputados para a admissibilidade do processo de investigação, os deputados paraibanos que são favoráveis que o STF possa investigar Temer pela denúncia de corrupção passiva são: Veneziano Vital do Rêgo (PMDB); Luiz Couto (PT); Pedro Cunha Lima (PSDB). Vale ressaltar a posição do deputado peemedebista Veneziano que também votou contra a Terceirização, a Reforma Trabalhista e é contrario a Reforma da Previdência nos moldes atuais. O paraibanos é um dos três pemedebistas do Brasil que se posicionou contrario a posição defendida por Temer do partido votar pelo arquivamento da denúncia.

De acordo com o portal 342agora, estão indecisos sobre o processo contra Temer os parlamentares paraibanos. Benjamim Maranhão (SD); Wilson Filho (PTB); Damião Feliciano (PDT); Wellington Roberto (PR); Rômulo Gouveia (PSD) e Efraim Filho (DEM).

Votam pelo arquivamento da denúncia contra Temer os deputados paraibanos: André Amaral (PMDB); Aguinaldo Ribeiro (PP) e Hugo Motta (PMDB). O dia da votação da denúncia no Plenário da Câmara ainda não foi definido, mas o presidente da Casa, Rodrigo Maia (Dem), quer que aconteça antes de agosto para não “travar o país”. Para a denúncia prosseguir para julgamento no Supremo Tribunal Federal, precisa receber ao menos 342 votos favoráveis para ser aceita, dos 513 deputados da Câmara.

PB Agora

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa