header top bar

section content

Patrimônios de governador, senadores e deputados eleitos na Paraíba somam R$ 42 milhões

Veja o total dos bens declarados, dos valores recebidos para as campanhas e as origens dos recursos informados por cada um dos eleitos na Paraíba.

Por G1PB

14/10/2018 às 10h08 • atualizado em 14/10/2018 às 10h09

Tamanho do patrimônio dos candidatados na PB

O patrimônio dos candidatos eleitos na Paraíba nas eleições 2018 atinge o valor de R$ 42.914.479,68. O montante é referente aos cargos de governador, senador, deputado federal e deputado estadual e não contempla os suplentes.

Os candidatos tiveram até o dia 15 de agosto, deste ano, para declarar os bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que disponibilizou todos os dados informados através da página do órgão na internet. O maior patrimônio declarado é o do deputado estadual eleito, Wilson Filho (PTB), que corresponde à quantia de R$ 5.208.627,22. Já o menor patrimônio declarado à instituição foi o da deputada estadual eleita, Pollyana Dutra (PSB), que se refere ao valor de R$ 13,5 mil.

Dos 51 candidatos eleitos, 14 declararam patrimônios milionários ao TSE. Dois deles não declararam bens ao órgão, mas informaram dados referentes aos gastos com as respectivas campanhas eleitorais.

Com o fim do financiamento de campanhas por parte de empresas, os candidatos puderam obter recursos através de doações feitas por pessoas físicas, por partidos políticos e por outros candidatos, por meio de financiamento coletivo e utilizando recursos próprios.

Veja, em ordem decrescente, o total dos bens declarados, dos valores recebidos para as campanhas eleitorais e as origens dos recursos informados por cada um dos 41 eleitos na Paraíba:

Governador eleito possui R$ 1 milhão
João Azevêdo (PSB) declarou patrimônio de R$ 1.058.340,88. Ele recebeu recursos de R$ 3.566.829,00 para a campanha. Destes, R$ 3,3 milhões foram doados por partidos políticos, R$ 235.050,00 foram doados por pessoas físicas e R$ 31.779,00 foram recebidos através de financiamento coletivo.

Senadores possui R$ 870 mil
Veneziano Vital do Rêgo (MDB) declarou patrimônio de R$ 735.413,02. Ele recebeu recursos de R$ 1.294.090,00 para a campanha. Destes, R$ 1.216.660,00 foram doados por outros candidatos e R$ 36.430,00 são referentes a recursos próprios;

Daniella Ribeiro (PP) declarou patrimônio de R$ 138.407,47. Ela recebeu recursos de R$ 2.503.096,00 para a campanha. Destes, R$ 2,5 milhões foram doados por partidos políticos e R$ 3.096,00 foram doados por outros candidatos.

Deputados federais possuem R$ 13 milhões
Wellington Roberto (PR) declarou patrimônio de R$3.685.931,78. Ele recebeu recursos no valor de R$1.660.000,00, doados por partidos políticos;

Gervásio Maia (PSB) declarou patrimônio de R$ 2.893.556,70. Ele recebeu recursos no valor de R$ 1.458.860,00 para a campanha. Destes, R$ 800 mil foram doados por partidos políticos, R$ 68.529,00 foram doados por pessoas físicas e R$ 4.020 foram doados por outros candidatos;

Aguinaldo Ribeiro (PP) declarou patrimônio de R$ 1.458.797,07. Ele recebeu recursos no valor de R$ 912.549,00 para a campanha. Destes, R$ 800 mil foram doados por partidos políticos e R$ 280 mil foram doados por pessoas físicas;

Dr Damião (PDT) declarou patrimônio de R$1.089.248,01. Ele recebeu recursos no valor de R$1.089.248,01 para a campanha. Destes, R$570 mil foram doados por partidos políticos, R$6,5 mil foram doados por pessoas.

Hugo Motta (PRB) declarou patrimônio de R$ 993.458,16. Ele recebeu recursos no valor de R$ 894.538,16 para a campanha. Destes, R$ R$894.538,16 foram doados por partidos políticos,R4 58,2 mil foram doados por pessoas físicas e R$ 720 foram doados por outros candidatos;

Edna Henrique (PSDB) declarou patrimônio de R$968.184,31. Ela recebeu recursos no valor de R$513.233,34 para a campanha. Destes, R$459 mil foram doados por partidos políticos, R$4 por pessoas físicas, R$233,34 foram doados por outros candidatos e R$50 mil são referentes a recursos próprios;

Frei Anastácio (PT) declarou patrimônio de R$918.161,83. Ele recebeu recursos de R$ 447 mil. Destes, R$398,5 mil foram doados por partidos políticos e R$8,5 mil foram doados por pessoas físicas.

Efraim Filho (DEM) declarou patrimônio de R$ 873.721,28. Ele recebeu recursos no valor de R$1.242.700,00 para a campanha. Destes, R$1,06 milhão foram doados por partidos políticos, R$181,7 mil foram doados por pessoas físicas e R$1 mil foram doados por outros candidatos;

Wilson Santiago (PTB) declarou patrimônio de R$ 687.573,03. Ele recebeu recursos no valor de R$ 1.314.887,69 para a campanha. Destes, R$ 1.200.887,69 foram doados por partidos políticos e R$ 84 mil foram doados por pessoas físicas;

Ruy Carneiro (PSDB) declarou patrimônio de R$586.284,82. Ele recebeu recursos no valor de R$950,5 mil para a campanha. Destes, R$934,5 foram doados por partidos políticos e R$16 mil foram doados por pessoas físicas;

Pedro Cunha Lima (PSDB) declarou patrimônio de R$528.899,87. Ele recebeu recursos no valor de R$1.262.225,00 para a campanha. Destes, R$1.020.400,00 foram doados por partidos políticos, R$91,5 mil foram doados por pessoas físicas e R$ 150.325,00 foram doados por outros candidatos;

Julian Lemos (PSL) não declarou bens. Ele recebeu recursos no valor de R$ 286 mil, que foram doados por partidos políticos.

Deputados estaduais possuem R$ 27 milhões
Wilson Filho (PTB) declarou patrimônio de R$ 5.208.627,22. Ele recebeu recursos no valor de R$ 528.425,00 para campanha. Destes, R$ 468 mil foram doados por partidos políticos e R$10.425,00 foram doados por outros candidatos;

Doda de Tião (PTB) declarou patrimônio de R$ 4.552.541,73. Ele recebeu recursos no valor de R$ 120.127,50 para campanha, doados por outros candidatos;

João Henrique (PSDB) declarou patrimônio de R$ 3.131.075,39. Ele recebeu recursos no valor de R$ 106 mil para a campanha. Destes, R$ 6 mil foram doados por pessoas físicas e 100 mil são referentes a recursos próprios;

Caio Roberto (PR) declarou patrimônio de R$ 2.568.799,02. Ele recebeu recursos no valor de R$ 900 mil para a campanha, que foram doados por partidos políticos;
Branco Mendes (PODE) declarou patrimônio de R$ 2.131.936,48. Ele recebeu recursos no valor de R$ 74.337,50 para campanha. Destes, R$ 54.337,50 foram doados por outros candidatos e R$ 20 mil são referentes a recursos próprios;

Manoel Ludgério (PSD) declarou patrimônio no valor de R$ 1.350.338,99. Ele recebeu recursos no valor de R$ 310.640,00 para campanha. Destes, R$ 300 mil foram doados por partidos políticos e R$ 10.640,00 foram doados por pessoas físicas;

Ricardo Barbosa declarou patrimônio de R$ 1.295.299,02. Ele recebeu recursos no valor de R$127.964,00 para a campanha. Destes, R$ 16 mil foram doados por partidos políticos, R$ 76.264,00 foram doados por pessoas físicas e R$ 35,7 mil são referentes a recursos próprios;

Raniery Paulino (MDB) declarou patrimônio de R$ 1.253.505,14. Ele recebeu recursos de R$ 429.982,15 para a campanha. Destes, R$ 199.982,15 foram doados por partidos políticos, R$ 200 mil foram doados por outros candidatos e R$ 10 mil foram doados por pessoas físicas;

Jeová (PSB) declarou patrimônio de R$ 1.170.455,63. Ele recebeu recursos de R$ 154.562,50 para a campanha. Destes, R$ 65.612,50 foram doados por outros candidatos e R$ 22,5 mil foram doados por pessoas físicas;

Cida Ramos (PSB) declarou patrimônio de R$ 1.042.906,00. Ela recebeu recursos de R$ 330.787,50 para a campanha. Destes, R$ 200 mil foram doados por partidos políticos, R$ 18.207,50 foram doados por outros candidatos e R$ 33,8 mil foram doados por pessoas físicas;

Adriano Galdino (PSB) declarou patrimônio de R$ 956.974,93. Ele recebeu recursos no valor de R$ 74.850,00 para campanha. Destes, R$ 42,5 mil foram doados por pessoas físicas e R$ 350 foram doados por outros candidatos;

Tião Gomes (AVANTE) declarou patrimônio de R$ 930 mil. Ele recebeu recursos de R$ 100.762,50 para a campanha. Destes, R$ 762,50 foram doados por outros candidatos e R$ 100 mil são referentes a recursos próprios;

Nabor (PRB) – declarou patrimônio de R$ 903.021,59. Ele recebeu recursos no valor de R$ 212.230,00 para campanha. Destes, R$ 200 mil foram doados por partidos políticos e R$ 12.230,00 foram doados por outros;

Buba Germano (PSB) declarou patrimônio de R$ R$ 838,5 mil. Ele recebeu recursos de R$ 127.687,50 para a campanha. Destes, R$ 4.187,50 foram doados por outros candidatos e R$ 120,5 são referentes a recursos próprios;

Bosco Carneiro (PPS) declarou patrimônio de R$ 801.746,32. Ele recebeu recursos de R$ 67 mil para a campanha. Destes, R$ 20 mil foram doados por pessoas físicas, R$ 10 mil por outros candidatos e R$ 37 mil são referentes a recursos próprios;

Genival Matias (AVANTE) declarou patrimônio de R$ 770.616,58. Ele recebeu recursos de R$124.014,00 para a campanha. Destes, R$ 76.350,00 foram doados por pessoas físicas e R$47.064,00 são referentes a recursos próprios;

Tovar (PSDB) declarou patrimônio de R$ 666.644,24. Ele recebeu recursos de R$ 191.221,00 para a campanha. Destes, R$ 136.651,00 foram doados por outros candidatos, R$ 25 mil foram doados por partidos políticos e R$ 24 mil são referentes a recursos próprios;

Hervázio Bezerra (PSB) declarou patrimônio de R$ 642.333,00. Ele recebeu recursos no valor de R$ 148.132,50 para a campanha. Destes, R$ 20 mil foram doados por pessoas físicas e R$ 20 mil são referentes a recursos próprios.

Cabo Gilberto Silva (PSL) declarou patrimônio de R$ 618 mil. Ele recebeu recursos de R$ 45.829,10. Destes, R$ 29.999,99 foram doados por partidos políticos e R$ 9 mil por pessoas físicas;

Edmilson Soares (PODE) declarou patrimônio de R$ 481.864,52. Ele recebeu recursos no valor de R$ 84.625,00 para campanha. Destes, R$ 2.625,00 foram doados por pessoas físicas e R$ 73 mil são referentes a recursos próprios;

Camila Toscano (PSDB) declarou patrimônio de R$ 400.268,35. Ela recebeu recursos no valor de R$ 661.233,34 para a campanha. Destes R$ 650 mil foram doados por partidos políticos e R$ 233,34 mil foram doados por outros;

Wallber Virgolino (PATRI) declarou patrimônio de R$ 458.368,58. Ela recebeu recursos no valor de R$ 42,2 mil para a campanha. Destes, R$ 30 mil foram doados por pessoas físicas, R$7 mil foram doados por outros candidatos e R$ 5 mil são referentes a recursos próprios;

Estela Bezerra (PSB) declarou patrimônio R$ 395.882,78. Ela recebeu recursos no valor de R$ 425.180,08 para a campanha. Destes, R$ 400 mil foram doados por partidos políticos e R$ 16,1 mil foram doados por pessoas físicas;

Chió (REDE) declarou patrimônio de R$ 375 mil. Ele recebeu recursos no valor de R$ 97.415,96 para a campanha. Destes, R$ 90.254,30 são referentes a recursos próprios, R$ 2.166,66 foram doados por outros candidatos e R$ 4.995,00 foram recebidos através de financiamento coletivo.

Dr Taciano Diniz (AVANTE) declarou patrimônio de R$ 360.650,00. Ele recebeu recursos no valor de R$ 95.825,60 para a campanha. Destes, R$ 44.825,60 foram doados por pessoas físicas e R$ 51 mil são referentes a recursos próprios;

Anderson Monteiro (PSC) declarou patrimônio de R$ 321.920,81. Ele recebeu recursos no valor de R$ 265.233,34 para a campanha. Destes, R$ 100 mil foram doados por partidos políticos, R$ 25 mil foram doados por pessoas físicas e R$ 140.233,34 foram doados por outros;

João Gonçalves (PODE) declarou patrimônio de R$ 291.840,83. Ele recebeu recursos no valor de R$ 104.795,00 para campanha. Destes, R$ 101.050,00 foram doados por pessoas físicas e outros R$ 3.745,00 foram doados por outros;

Eduardo Carneiro (PRTB) declarou patrimônio de R$ 275 mil. Ele recebeu recursos no valor de R$ 241.850,00 para a campanha. Destes, R$ 221.800,00 foram doados por partidos políticos e R$ 20.050,00 foram doados por pessoas físicas;

Galego de Souza (PP) declarou patrimônio de R$ 215.953,27. Ele recebeu R$ 110,5 mil para a campanha. Destes, R$ 101,5 mil foram doados por partidos políticos e R$ 9 mil são referentes a recursos próprios;

Moacir Rodrigues (PSL) declarou patrimônio de R$ 210 mil. Ele recebeu recursos de R$65.675,00 para a campanha. Destes, R$ 62.325,00 foram doados por pessoas físicas, R$ 350 de partidos políticos e R$ 3 mil são referentes a recursos próprios;

Junior Araújo (AVANTE) declarou patrimônio de R$ 195.258,00. Ele recebeu recursos de R$ 88.245,20 para a campanha. Destes, R$ 57.737,50 foram doados por outros candidatos, R$ 11.150,00 foram doados por pessoas físicas e R$ 19.357,70 são referentes a recursos próprios;

Felipe Leitão (PATRI) declarou patrimônio de R$ 148 mil. Ele recebeu recursos de R$ 408 mil para a campanha. Destes, R$ 400 mil foram doados por partidos políticos, R$ 4 mil foram doados por pessoas físicas e R$ 4 mil são referentes a recursos próprios;

Dr Érico (PPS) declarou patrimônio de R$134.236,39. Ele recebeu recursos no valor de R$ 20.665,00 para a campanha. Destes, R$ 10.665,00 foram doados por pessoas físicas e R$ 10 mil foram doados por outros;

Drª Paula (PP) declarou patrimônio de R$ 107 mil. Ela recebeu recursos no valor de R$ 150.433,34. Destes, R$ 100 mil foram doados por partidos políticos, R$ 25 mil foram doados por pessoas físicas e R$ 23,34 mil foram doados por outros;

Pollyana Dutra (PSB) declarou patrimônio de R$ 13,5 mil. Ela recebeu recursos no valor de R$ 478.660,00 para a campanha. Destes, R$ 420 mil foram doados por partidos políticos, R$ 57.440, 00 foram doados por pessoas físicas e R$ 1.220,00 foram doados por outros;

Inácio Falcão (PCdoB) não declarou patrimônio. Ele recebeu recursos de R$ 44,5 mil para a campanha. Destes, R$ 20 mil foram doados por partidos políticos, R$ 10 mil foram doados por pessoas físicas e R$ 1.340 foram doados por outros.

Fonte: https://g1.globo.com/pb/paraiba/eleicoes/2018/noticia/2018/10/14/patrimonios-de-governador-senadores-e-deputados-eleitos-na-paraiba-somam-r-42-milhoes.ghtml

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Diversidade em Foco com professor de Português destaca as variações da nossa língua

HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local