header top bar

section content

Família de jovem assassinado com 25 facadas em Cajazeiras exige solução; Cadê a polícia?

De acordo com a dona de casa, a polícia tem que encaminhar o caso a justiça para que medidas punitivas possam ser tomadas.

Por

29/10/2014 às 17h24

Cida pede justiça para caso do irmão

A dona de casa, Maria Aparecida (Cida Pé no Chão) foi até a Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras nessa terça-feira (29), para cobrar das autoridades solução para o homicídio contra seu irmão.

Cida Pé no Chão é irmã do pedreiro Francisco de Assis Silva Ramos, de 36 anos, que foi assassinado por menores com 25 golpes de faca.

De acordo com a dona de casa, a polícia tem que encaminhar o caso a justiça para que medidas punitivas possam ser tomadas. “Eles ficam soltos por aí, e a justiça tem resolver e não a família”.

Maria A parecida afirmou que não vai descansar enquanto a justiça cajazeirense não dê uma resposta à família e a sociedade, pois outros pais estão passando pela mesma situação.

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador