header top bar

section content

Wilson Santiago lamenta morte de Ariano Suassuna

Sua obra reúne grandes representações literárias do nordeste, como o “Auto da Compadecida”, a “Farsa da Boa Preguiça”, o “Casamento Suspeitoso” e outras peças de teatro.

Por

24/07/2014 às 16h16

Wilson lembra morte de Ariano

Wilson Santiago (PTB), candidato ao Senado Federal pela coligação “A Vontade do Povo”, lamentou, no início da noite desta quarta-feira (23) a morte do escritor e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna.

“Um grande homem, que, mais do que escrever sobre a realidade do nordeste, conseguiu escrever sobre a realidade do Brasil, tendo sempre um espírito crítico, um olhar atento e um cuidado especial com a valorização da cultura nordestina nacional e internacionalmente. Fará grande falta”, lamentou Wilson Santiago.

O escritor estava internado no Real Hospital Português, em Recife, desde a noite de segunda-feira, quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e entrou em coma. Sua obra reúne grandes representações literárias do nordeste, como o “Auto da Compadecida”, a “Farsa da Boa Preguiça”, o “Casamento Suspeitoso” e outras peças de teatro. Também é autor do “Romance da Pedra do Reino”, obra prima da cultura Armorial, que une o eruditismo acadêmico à cultura nordestina.

Assessoria

Tags:

Recomendado para você pelo google

SESSÃO NA CÂMARA

VÍDEO: Em Cajazeiras, coordenador de Diversidade Religiosa na PB fala sobre diálogo e busca por respeito

ASSASSSINATO

VÍDEO! Delegado fala sobre o crime de homicídio que vitimou professor de karatê em Sousa

SEM POLÍTICAS PÚBLICAS

VÍDEO – Líder lamenta ‘desprezo’ dos governos e ‘extinção’ da cultura dos ciganos na cidade de Sousa

VÍDEO

SERTÃO: Empresário sugere vaquinha para “salvar” feira de negócios após prefeitura negar apoio