header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Prefeito de CZ publica três Decretos nessa quarta; novo secretariado fica para segunda

O prefeito adiou o anúncio de sua nova equipe de Governo.

Por

31/05/2011 às 18h37

O prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael (PTB), desmarcou nesta terça-feira (31), o evento na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), que estava previsto para essa quarta-feira (1º), onde o gestor anunciaria a sua nova equipe de Governo. Rafael só vai anunciar o novo secretariado na segunda-feira (06).

O gestor informou que não estará na cidade nessa quarta, pois viajará a João Pessoa para fazer uma visita institucional ao Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Mesmo sem a presença do prefeito, três Decretos municipais serão publicados nesse 1º de junho. Um deles trata-se da exoneração de todos os servidores comissionados e contratados da prefeitura, outro será acerca de um cadastramento dos funcionários, que acontecerá de forma semelhante ao cadastro dos servidores do Estado, que foi realizado no início do ano e o terceiro, o prefeito determina o retorno de todos os efetivos para suas secretarias de origens.

Mudanças nas secretarias
De acordo com informações, Carlos Rafael fará mudanças em algumas pastas, entre elas será criada a Secretaria de Políticas Públicas, que vai concentrar os trabalhos de três secretárias, são elas: Esporte e Turismo, Secretaria da Mulher e Desenvolvimento Econômico.

Outra mudança é a união das Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente, além da Secretaria de Educação e Cultura. Com essas pequenas mudanças, o prefeito vai diminuir quatro secretários municipais.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça