header top bar

section content

As quentes da política na Faisqueira do Gazeta

Corrupção eleitoral O ex-deputado federal, que foi também Presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, Gilvan Freire, atualmente filiado ao PTB, em entrevista prestada a Rádio Alto Piranhas, no Programa Trem das Onze, do jornalista Fernando Caldeira, disse ser contrário ao instituto da reeleição porque é o maior estimulo já dado a corrupção eleitoral. Com este […]

Por

07/06/2009 às 09h39

Corrupção eleitoral
O ex-deputado federal, que foi também Presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, Gilvan Freire, atualmente filiado ao PTB, em entrevista prestada a Rádio Alto Piranhas, no Programa Trem das Onze, do jornalista Fernando Caldeira, disse ser contrário ao instituto da reeleição porque é o maior estimulo já dado a corrupção eleitoral. Com este pensamento se ombreia ao deputado José Aldemir que também na mesma emissora e no mesmo programa disse ser também contrário a reeleição.

Capote

O governador José Maranhão declarou em Campina Grande que vai dar de capote em qualquer candidato que se apresente para disputar as próximas eleições contra seu grupo político. Não se preocupe, o capote que o governador fala não é a famosa e gostosa ave da Angola, muito procurada nestes tempos juninos para ser degustada ao molho de cabidela. A realidade é que ninguém sabe quem realmente vai capotar nas eleições de 2010.

Doce ilusão
O vereador e secretário de infra-estrutura Marcos do Riacho do Meio (PT) declarou, na Rádio Alto Piranhas, em uma entrevista, que aposta e tem certeza que haverá uma dobradinha entre Jeová Campos (PT), candidato a deputado federal e Antonio Vituriano (PMDB), candidato a deputado estadual, contrariando totalmente o médico Antonio Vituriano que tem dito em alto e bom som que não vota de maneira nenhuma em Jeová.

engano
O atleta Nascimento declarou que teria ido receber uma ajuda de custo para participar de uma corrida no vizinho estado do Ceará, mas uma outra pessoa teria embolsado sua grana. Foi puro e ledo engano de Nascimento, que foi socorrido, por determinação do prefeito Léo Abreu, pelo Secretário de Comunicação José Anchieta que resolveu o impasse, mandando fazer de verdade o empenho e pago ao Nascimento. Nesta coluna, no número anterior, colocamos apenas a versão de Nascimento, que teria interpretado uma fala do funcionário do setor de maneira errada.

Jeová Campos
Um radialista teria se encontrado, com Jeová Campos, numa casa de família, que acompanha desde muito tempo a sua orientação política e no meio da conversa o dono casa quase tem um troço quando falaram do prefeito da cidade. O mesmo teria votado em Léo por causa de Jeová e estava arrependido. O motivo: não ter cumprido uma promessa de campanha e teria afirmado: aqui da minha família, quem quiser votar em Leó eu ponha pra fora de casa. Pense num cidadão raivoso. Tudo isto e outras coisas, nas barbas do deputado e ele simplesmente emudeceu. Tem coisa no ar.

Na mata sem cachorro

O município de Cajazeiras está realizando a sua primeira semana sobre meio ambiente. Um fato inusitado: no último dia 02 de junho, deveria ter sido realizada uma sessão na Câmara Municipal para tratar sobre o assunto, mas só compareceram quatro pessoas. Foi um fiasco. Nem o secretário foi dar o ar de sua graça. Resultado: o presidente da casa fez uma sessão normal, mas quase fica perdido no meio da mata.

É ou não é

O assunto mais pautado pela imprensa falada da cidade durante a semana foi o episódio conhecido como o do “armazém da Cibrazem”, quando naquele lugar, quase iam às vias de fato, o médico Carlos Antonio e o cabo Enéas, da Policia Militar da Paraíba, que estaria querendo impedir que umas máquinas e equipamentos fossem descarregados. A pergunta feita por Carlos e que teria gerado o entrevero foi: quem você representa aqui, a PM ou a guarda municipal?

É ou não é
O cabo Enéas estaria sem farda, portanto de folga do serviço. E chefe da guarda municipal não seria porque, como militar da ativa, não possa, talvez, ocupar função pública gratificada. E a pergunta rolou a semana toda: o que estaria fazendo e a serviço de quem e com autoridade pretenderia impedir o descarregamento das máquinas? Até hoje ainda não se sabe oficialmente, mas nos bastidores, muitos já têm a resposta.

Aposentadoria
O professor Francisco das Chagas Amaro da Silva, do Campus da UFCG, já encaminhou sua aposentadoria, depois de três décadas de bons serviços prestados a educação dos Sertões da Paraíba. Como suplente de vereador está no exercício do mandato, na vaga de Marcos do Riacho do Meio, atual titular da Secretaria de Infra-estrutura de Cajazeiras. Deverá, em breve, deixar a sala de aula e a Câmara para assumir uma importante pasta no governo Léo Abreu, na primeira reforma do seu secretariado que deverá ser depois do Xamegão.

Tiro no pé ou Tiro de Guerra
Segundo aliados do ex-prefeito Carlos Antonio, em relação às noticias amplamente divulgadas sobre possíveis desvios de dinheiro público, em obras do Tiro de Guerra, houve uma precipitação em afirmar que os serviços não foram realizados. Foram realizadas sim, mas nas casas pertencentes ao exército e onde residem os sargentos que estão trabalhando no TG-Cajazeiras. As mesmas foram realizadas por uma empresa pertencente ao engenheiro Jotinha Abreu. O prefeito Léo Abreu teria encaminhado o processo para o Ministério Público e resta aguardar o resultado da apuração dos fatos.

Do Gazeta do Alto Piranhas

Tags:
RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos

ANTIGO E NOVO

VÍDEO: Secretário e prefeito exibem projeto do novo Museu de Cajazeiras feito por arquiteta cajazeirense

COBRANÇAS INDEVIDAS

VÍDEO: Problemas com empréstimo consignado? Advogado dá orientações para que você não seja negativado