header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Francivaldo Albuquerque faz duras críticas a eleição do Conselho Tutelar: ‘Cidade está morta’

O padre taxou a sociedade de covarde. “Quando acontece uma chacina todo mundo vai atirar pedras. Mas, na hora de questionar, todo mundo fica mudo"

Por

02/10/2015 às 15h56

O padre Francivaldo Albuquerque de Cajazeiras, esteve no programa Balanço Diário da TV Diário do Sertão  nesta sexta-feira (02) e criticou a forma como acontece a eleição do Conselho Tutelar no município. Segundo o padre, a eleição é baseada em interesses e revestida por hipocrisia.

“Essas eleições têm acontecido da pior forma possível. Não existe debate, nem lançamento de proposta. Só se pensa em eleger”, disse.

Francivaldo criticou também o fato de Cajazeiras só ter um local de votação que é a Escola Estadual Manoel Mangueira. “Uma cidade deste tamanho só tem um local de votação? Qual foi o esclarecimento feito em mídia? Ninguém fala no assunto”, afirmou o padre.

O padre foi além e taxou a sociedade de covarde. “Quando acontece uma chacina todo mundo vai atirar pedras. Mas, na hora de questionar, todo mundo fica mudo. A cidade está morta”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça