header top bar

section content

Especialista compara depressão com diabetes e repudia preconceito com problemas psicológicos. Veja Vídeo!

De acordo com Thalita, a sociedade tem resistência em ir ao psicólogo, ao psiquiatra ou tomar medicação. "O problema psicológico precisa ser tratado”.

Por

07/08/2015 às 16h32

A psicóloga da cidade de Sousa, Thalita Langbehn em seu comentário Direto ao Ponto para a TV Diário do Sertão desta sexta-feira (07) falou sobre o preconceito que as pessoas têm com relação ao tratamento das doenças psicológicas. De acordo com Thalita, a sociedade tem resistência em ir ao psicólogo, ao psiquiatra ou tomar medicação.

“Precisamos desmistificar essa história de que psicólogo ou psiquiatra é coisa para louco. O problema psicológico é uma doença normal e precisa ser tratado”, disse ela, comparando o transtorno de ansiedade e a depressão com diabetes ou um problema cardíaco. 

Thalita contou que essa história do preconceito começou na época medieval, e que ao longo dos anos, as pessoas entenderam que, sofrer problemas psicológicos é motivo de vergonha e até escondem.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras