header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Presidente de Câmara do Sertão vai devolver R$ 34 mil a cofres públicos; Câmara teve contas reprovadas

A desaprovação das contas foi devido a despesas não comprovadas. O TCE decidiu por imputação de débito superior a R$ 34 mil. Cabe recurso a decisão

Por

16/10/2013 às 16h20

O Tribunal de Contas da Paraíba reprovou, nesta quarta-feira (16), as contas de 2011 da Câmara Municipal de Santana de Mangueira, localizada na região do Vale do Piancó. O TCE decidiu por imputação de débito superior a R$ 34 mil ao ex-gestor Arnaldo Pereira de Moura (DEM).

A desaprovação das contas foi devido a despesas não comprovadas. Cabe recurso contra a decisão.

Casa Civil do Governador
O TCE adiou para a próxima semana o julgamento do processo atinente à prestação das contas de 2011 da Casa Civil do Governador, a pedido do advogado Johnson Abrantes então notificado para atuar na defesa de outro constituinte perante a Justiça Eleitoral.

DIÁRIO DO SERTÃO com Ascom TCE-PB

Tags:
VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça

CLUBE VIVE IMPASSE

VÍDEO – Representante do Atlético em reunião da FPF apresenta fórmula para participar do Paraibano 2019

VÍTIMA DA DIABETES

VÍDEO: Ameaçada de perder o segundo pé, idosa de Cajazeiras pede ajuda para adquirir sandália especial

ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas