header top bar

section content

Presidente de Câmara do Sertão vai devolver R$ 34 mil a cofres públicos; Câmara teve contas reprovadas

A desaprovação das contas foi devido a despesas não comprovadas. O TCE decidiu por imputação de débito superior a R$ 34 mil. Cabe recurso a decisão

Por

16/10/2013 às 16h20

O Tribunal de Contas da Paraíba reprovou, nesta quarta-feira (16), as contas de 2011 da Câmara Municipal de Santana de Mangueira, localizada na região do Vale do Piancó. O TCE decidiu por imputação de débito superior a R$ 34 mil ao ex-gestor Arnaldo Pereira de Moura (DEM).

A desaprovação das contas foi devido a despesas não comprovadas. Cabe recurso contra a decisão.

Casa Civil do Governador
O TCE adiou para a próxima semana o julgamento do processo atinente à prestação das contas de 2011 da Casa Civil do Governador, a pedido do advogado Johnson Abrantes então notificado para atuar na defesa de outro constituinte perante a Justiça Eleitoral.

DIÁRIO DO SERTÃO com Ascom TCE-PB

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: advogado sousense fala sobre a redução da maioridade penal. Você é contra ou a favor?