header top bar

section content

Pré-candidata a diretoria da UFCG em CZ diz estar focada na disputa e fala de preconceito

Lígia é professora efetiva da UFCG há 15 anos e agora pretende disputar a direção do campus de Cajazeiras, onde trabalha.

Por

14/10/2013 às 19h08

A professora e pré-candidata a diretora do campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) de Cajazeiras, Lígia Calado foi entrevistada nesta segunda-feira (14) na TV Diário do Sertão.

Lígia é professora efetiva da UFCG há 15 anos e agora pretende disputar a direção do campus de Cajazeiras, onde trabalha.

A professora disse que está se preparando para apresentar e defender suas propostas.  Ela falou sobre algumas melhorias que devem haver no campus, sobretudo na área de letras e pedagogia.

A pré-candidata preferiu não falar muito sobre suas propostas dizendo que ainda não é o momento de levá-las a público.

Trajetória
Lígia nasceu em Pombal e lá deu seus primeiros passos educacionais. Fez os dois primeiros vestibulares para a área da saúde, mas, apesar de ter obtido boa pontuação, acabou optando por fazer letras em Cajazeiras.

A professora contou que começou a dar aulas na educação infantil. Lígia fixou residência em Cajazeiras no último ano do curso de letras. Seus primeiros empregos na cidade foram no Colégio Nossa Senhora de Lourdes e no extinto Colégio Objetivo.

Lígia fez pós-graduação na UFRJ, no Rio de Janeiro e lá morou por quatro anos. Ela contou que durante esse período presenciou cenas de preconceito a nordestinos.

Veja a entrevista completa!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”

É DO SERTÃO!

Cantores mirins do Vale do Piancó estão fazendo sucesso e bombando em vários estados brasileiros